Etiqueta: Vitória de Setúbal

GD Chaves – Vitória FC: Tentar ganhar e ir mais confortável a Tondela

Adivinha-se um duelo de nervos no Municipal Eng.º Manuel Branco Teixeira, com o Desportivo de Chaves a receber o Vitória de Setúbal, num jogo de importância máxima para as contas da manutenção. É que os sadinos, se ganharem, ficam com a manutenção garantida, enquanto os flavienses precisam de uma vitória para irem a Tondela mais confortáveis na tabela, para o derradeiro jogo do campeonato.

 

Depois da categórica goleada aplicada ao Nacional em casa, os flavienses foram a Santa Maria da Feira defrontar o último classificado e já despromovido Feirense. Um jogo que acabou por ser mais complicado que o esperado – não estivesse o Chaves pressionado a conseguir pontos, enquanto os fogaceiros apenas jogavam pela honra – o Desportivo conseguiu um empate dramático por 4-4, com Platiny a dar um ponto aos Valentes Transmontanos no último minuto de jogo.

 

Agora frente ao Vitória FC, também candidato à descida e com apenas mais um ponto que o Desportivo, o conjunto azul-grená sabe que uma vitória deixa os Valentes Transmontanos com uma preciosa vantagem de três pontos sobre o Tondela, que foi a Alvalade empatar 1-1 com o Sporting, adiando a decisão sobre o derradeiro despromovido para a última jornada. Porém, do outro lado está um adversário que o Desportivo ainda não conseguiu bater desde o regresso à Primeira Liga, mas com quem também ainda não perdeu, com três empates fora (0-0 em 2016/17, 1-1 em 2017/18 e 0-0 em 2018/19) e dois empates em casa até agora (0-0 em 2016/17 e 2-2 em 2017/18). A última vitória do Desportivo remonta a 2003, com um triunfo dos então comandados de José Alberto Costa por 3-2, com um golo de penálti nos descontos.

 

Costinha vai reencontrar a sua antiga equipa, depois de assinar pelo Chaves em janeiro Fonte: GD Chaves

 

Do lado dos sadinos a vida não está nada fácil e o último jogo do campeonato pode ter grandes consequências para o estado de espírito do conjunto de Setúbal. É que o Vitória setubalense não vence no campeonato há quatro jogos e, apesar de somar oito empates, apenas venceu por duas vezes nesta segunda volta, chegando à penúltima jornada a apenas dois pontos da linha de água. Além disso, o último jogo do campeonato, frente ao Boavista, deixou grandes mazelas nos comandados de Sandro Mendes, com Jhonder Cádiz – o goleador da equipa – expulso, bem como Zequinha e José Semedo, peças importantes na manobra ofensiva e defensiva, respetivamente. Além destes três jogadores que viram o cartão vermelho, também Hildeberto Pereira, outro desiquilibrador, está suspenso, após ver o quinto amarelo.

 

Nesta situação, espera-se claramente um Vitória FC a meio-gás em Trás-os-Montes e com uma bagagem emocional difícil de prever, já que os acontecimentos no final do jogo diante dos axadrezados deixou os jogadores sadinos à beira de um ataque de nervos e equipa técnica e direção seguiram pelo mesmo caminho, não se sabendo se chegam a este duelo com o Desportivo de Chaves quebrados, em raiva ou já de braços caídos por se sentirem “injustiçados”.

 

Seja como for, certo é que será um jogo bem quente no Municipal Eng.º Manuel Branco Teixeira, com os nervos à flor da pele quer no relvado, quer nas bancadas, onde só a vitória interessa aos dois conjuntos. O duelo entre flavienses e sadinos está marcado para as 15H00 de domingo, dia 12, em Chaves.