Acabou o Cartão do Adepto: Parlamento aprova revogação da medida

Fonte: GD Chaves

 

O Cartão do Adepto, a medida mais polémica lançada esta época desportiva, foi revogado pelo Parlamento esta quarta-feira. A maioria dos partidos mostrou-se contra o Cartão, apelidade de “bizarria” e de um “ataque às liberdades” dos adeptos.

 

O Cartão do Adepto servia para os sócios e simpatizantes dos clubes terem acesso a zonas específicas dos estádios, principalmente bancadas de claques ou de adeptos visitantes. Só estava disponível para maiores de 16 anos e custava 20 euros, tendo a validade de três anos.

 

Na véspera da votação, o GD Chaves mostrou-se contra o Cartão do Adepto e exigiu o fim desta medida que impossibilitou, por exemplo, o Desportivo de ter adeptos no duelo com o Benfica B, no Seixal.

 



Start a Conversation

O seu endereço de email não será publicado.