Etiqueta: Chaves

GD Chaves trava Sporting e soma primeiro ponto no campeonato

Fonte: GD Chaves

 

E à passagem de sete jornadas, as Valentes Transmontanas conseguem somar pontos na I Divisão. Na recepção ao Sporting, vice-líder do campeonato, o GD Chaves esteve em grande nível e bem perto de conseguir o triunfo, mas fica-se com a satisfação de travar um candidato ao título.

 

O Desportivo entrou forte e chegou à vantagem aos sete minutos, com um golo de Kaká. O conjunto azul-grená chocou as adversárias e aumentou o resultado aos 15 minutos, agora pela campeã olímpica Carina Luís, acabada de regressar de um estágio da seleção nacional sub-21. Ao intervalo, a vantagem era flaviense.

 

Kaká - capitã da equipa flaviense - esteve em destaque com dois golos
Kaká – capitã da equipa flaviense – esteve em destaque com dois golos Fonte: GD Chaves

 

Mas na segunda parte o Sporting cresceu no jogo e aproveitou as muitas baixas na equipa flaviense, que foi a jogo apenas com 10 atletas em relação às 13 do conjunto lisboeta. Aos 26 minutos, as visitantes reduziram a desvantagem, mas depressa o GD Chaves voltou a marcar, novamente por Kaká, que fez o 3-1.

 

Nos últimos oito minutos, o Sporting cresceu e conseguiu chegar ao empate 3-3 em apenas três minutos. Até ao final da partida, o Desportivo esteve perto da surpresa total – atirou duas bolas aos ferros da baliza – mas o empate não se alterou. As comandadas de Rute Carvalho conseguem o primeiro ponto no campeonato e ganham novo alento para lutar pela manutenção.

 


Fim-de-semana triunfal para os jovens do GD Chaves

Fonte: GD Chaves

 

As camadas jovens do GD Chaves estão em destaque nesta jornada, com todas as equipas que entraram em campo a conquistarem triunfos nos respetivos campeonatos.

 

Os juniores entraram em campo no sábado e continuam lançados na luta pela promoção à I Divisão Nacional. Diante do SC Freamunde, os comandados de Steven Sanches triunfaram por 2-0, com Luís Maurício – um dos destaques esta época – a abrir o marcador na primeira parte. Já nos últimos 20 minutos de jogo, Fábio Carvalho fechou o triunfo flaviense, com o primeiro golo da época do defesa de 17 anos.

 

Juvenis venceram e ganham um balão de oxigénio na luta pela manutenção
Juvenis venceram e ganham um balão de oxigénio na luta pela manutenção Fonte: GD Chaves

 

Os juvenis entraram da melhor maneira na fase de manutenção e venceram o Nogueirense por 2-0. Tomás Castela foi o herói do jogo no complexo desportivo Francisco Carvalho, com dois golos do avançado que colocam o Desportivo em boa posição para manter-se nos campeonatos nacionais.

 

Nos campeonatos distritais, a equipa B dos iniciados aproveitou o fim-de-semana de pausa da equipa A para mostrar serviço, com uma esclarecedora goleada por 5-0 na visita ao Ribeira de Pena que deixa o Desportivo em terceiro lugar, posição que permite o acesso ao apuramento de campeão.

 

Já os infantis foram ao terreno do Boticas golear por 6-1 e continuam na luta pelo primeiro lugar, com os mesmos pontos do Diogo Cão, mas com menos quatro golos marcados que a equipa de Vila Real.



GD Chaves goleia Montalegre a pensar no jogo com o CD Mafra

Fonte: GD Chaves

 

Nova vitória esclarecedora para o GD Chaves a fechar a última semana sem competição. Agora diante do Montalegre, os Valentes Transmontanos venceram por 4-0, num jogo realizado no complexo desportivo Francisco Carvalho.

 

Com muitas ausências por problemas físicos – Juninho, Obiora, Bruno Teles, João Correia, João Teixeira, Nuno Coelho e Luís Rocha – o Desportivo chegou ao intervalo em vantagem por 2-0, com golos de Wellington e Patrick.

 

Na segunda parte, Alexsandro e Adriano Castanheira fecharam a vitória flaviense nos 4-0 diante da equipa que milita na Terceira Liga.

 

Depois deste jogo-treino, o Desportivo foca-se no regresso da Segunda Liga, com o embate em casa diante do CD Mafra a estar marcado para sábado, 27 de novembro, às 11H00.

 


GD Chaves goleia o Pedras Salgadas com “Chapa 8”

Fonte: GD Chaves

 

Foi um tirar a barriga de misérias. O GD Chaves demoliu o Pedras Salgadas no segundo jogo-treino da mini pré-época a que a pausa internacional obrigou, com um surpreendente 8-0 para os comandados de Vítor Campelos.

 

Diante da equipa do quarto escalão, a goleada começou a formar-se logo no primeiro tempo, com Wellington e Patrick a bisarem no encontro e Nuno Campos a colocar o resultado nos 5-0 ao intervalo. Na segunda parte, golos de Platiny – de penálti – de Adriano Castanheira e Rúben Pereira fecharam o resultado.

 

Vítor Campelos chamou três juniores para este duelo, com o lateral esquerdo Pedro Alentejano, o extremo Pedro Lage e o avançado Guilherme Biscaia – melhor marcador dos sub-19 – a jogarem e a colmatarem as muitas ausências no plantel: João Correia, Obiora, Juninho, Bruno Teles e Alexsandro fazem gestão de esforço, enquanto João Teixeira tem uma mialgia.

 

Este foi o segundo jogo-treino realizado durante a paragem do campeonato. O Desportivo já tinha defrontado e perdido diante do Moreirense por 2-1.

 


GD Chaves regressa aos treinos com três novidades

Fonte: GD Chaves

 

A lamber as feridas do dramático empate frente ao CD Nacional e com três semanas de preparação até ao próximo jogo, Vítor Campelos recebeu boas notícias no treino do GD Chaves: Obiora está recuperado de lesão, enquanto João Correia e Juninho voltaram ao relvado, ainda que condicionados.

 

No departamento médico só está Bruno Teles, que continua a fazer tratamento. É daa poucas vezes que Vítor Campelos consegue ter a esmagadora maioria dos jogadores disponíveis.

 

Já com a cabeça no jogo em casa frente ao CD Mafra, o Desportivo de Chaves volta a treinar esta sexta-feira e sábado de manhã viaja até Moreira de Cónegos para um jogo-treino com o Moreirense.

 



Carina Luís convocada para a Seleção Nacional sub-21

Fonte: GD Chaves

 

Carina Luís foi uma das 14 jogadores escolhidas pelo selecionador nacional sub-21 para o estágio da equipa em Vila Real, entre os dias 14 e 17 de novembro.

 

A fixo/ala de 21 anos vai participar nos quatro treinos agendados durante o mini-estágio, que conta ainda com um jogo-treino no dia 16.

 

Desta forma, Carina Luís vai voltar a vestir a camisola das Quinas, com a qual já foi muito feliz. Em 2018, tornou-se campeã olímpica por Portugal dpeois de uma vitória por 4-1 frente ao Japão.



Acabou o Cartão do Adepto: Parlamento aprova revogação da medida

Fonte: GD Chaves

 

O Cartão do Adepto, a medida mais polémica lançada esta época desportiva, foi revogado pelo Parlamento esta quarta-feira. A maioria dos partidos mostrou-se contra o Cartão, apelidade de “bizarria” e de um “ataque às liberdades” dos adeptos.

 

O Cartão do Adepto servia para os sócios e simpatizantes dos clubes terem acesso a zonas específicas dos estádios, principalmente bancadas de claques ou de adeptos visitantes. Só estava disponível para maiores de 16 anos e custava 20 euros, tendo a validade de três anos.

 

Na véspera da votação, o GD Chaves mostrou-se contra o Cartão do Adepto e exigiu o fim desta medida que impossibilitou, por exemplo, o Desportivo de ter adeptos no duelo com o Benfica B, no Seixal.

 



Do Melhor ao Pior no… CD Nacional-GD Chaves: João Teixeira merecia a vitória

Fonte: CD Nacional

 

O empate dramático sofrido diante do CD Nacional nos últimos minutos do jogo alargou as dúvidas dos adeptos do GD Chaves quanto à qualidade do plantel. Houve alguns jogadores que ficaram abaixo do expectável, principalmente no que toca a opções lançadas do banco. Eis as notas de quem jogou frente ao madeirenses.

 

Paulo Vítor
Fonte: GD Chaves

 

Uma exibição segura e ainda com algumas defesas importantes ao longo dos 90 minutos. Não teve culpas no golo do CD Nacional.



Nuno Campos
Fonte: GD Chaves

 

Notou-se a falta de João Correia, mas Nuno Campos também fez um jogo bom. Segurou a ala direita e susteve os ataques madeirenses.

 

Luís Rocha
Fonte: GD Chaves

 

Pareceu estar atrasado em relação aos colegas no golo do CD Nacional, mas até teve uma exibição segura.



Alexsandro Ribeiro
Fonte: GD Chaves

 

Despachou o que tinha para despachar, mas não foi o suficiente para segurar a vitória. Ainda assim, boa exibição do brasileiro.

Paulinho
Fonte: GD Chaves

 

Sendo um médio adaptado a lateral esquerdo, Paulinho foi competente e mostrou segurança. Não dá ao jogo o mesmo que um lateral de raíz, mas também não facilita.



Nuno Coelho
Fonte: GD Chaves

 

Aguentou o meio-campo e foi mais uma rolha para travar os avanços dos madeirenses.

 

João Mendes
Fonte: GD Chaves

 

Teve os seus momentos no jogo em que conseguiu dar vida ao meio-campo, mas quebrou com alguma rapidez e na sdgunda parte pouco se viu.



João Teixeira
Fonte: GD Chaves

 

Grande exibição! Jogou, deu a jogar e marcou um golo espetacular. Está em grande forma e mais que mereceu ser considerado mais uma vez o homem-do-jogo.

 

Wellington Carvalho
Fonte: GD Chaves

 

Não pareceu acrescentar muito ao ataque, principalmente na segunda parte. Continua sem dar amostras de conseguir desequilibrar o ataque flaviense.



João Batxi
Fonte: GD Chaves

 

Ainda aproveitou a velocidade uma ou outra vez, mas também está a falhar em criar oportunidades para o ataque. Falta poder de decisão e de fogo a Batxi, mas o mesmo pode-se dizer de quase todos os extremos do plantel.

 

Patrick Fernandes
Fonte: GD Chaves

 

Não se viu muito no ataque, mas diga-se que poucas foram as vezes em que foi bem servido.



Ricardo Guima
Fonte: GD Chaves

 

Entrou taralhoco e com dificuldades em controlar a bola. Teve um lance em que apareceu nas costas da defesa, mas parece que teve medo de atacar a bola e deixou-a ir para as mãos de António Filipe. Ainda não mostrou nada de especial no GD Chaves.

 

Adriano Castanheira
Fonte: GD Chaves

 

Já se sabe que não é um extremo de levar a equipa ao colo, mas pouco conseguiu dar à equipa na segunda parte. Podia ter sido mais útil.



Platiny
Fonte: GD Chaves

 

Desastroso no golo do CD Nacional. Num lance que podia dar um contra-ataque perigoso para o GD Chaves, o brasileiro fez um passe fraco e ofereceu a bola ao adversário, que acabou por dar em golo. Inaceitável.

 

Kevin Pina
Fonte: GD Chaves

 

Entrou já na reta final.



Vítor Campelos
Fonte: GD Chaves

 

Um ponto na Madeira até parece um bom resultado, mas com os três pontos na mão não se pode nunca consentir golos na compensação. Vítor Campelos tem que decidir o que fazer da vida, porque não conseguir controlar um jogo co tra dez e sofrer o empate no final é inaceitável numa equipa como o GD Chaves. Talvez seja altura de se sentar com a direção e mostrar a lista de dispensados e de reforços para janeiro, que não deve ser nada curta.

 

À sexta é de vez? Vítor Campelos procura a primeira vitória fora da época

Fonte: GD Chaves

 

Não está fácil a vida para lá do Marão para o GD Chaves. Em cinco partidas fora, os Valentes Transmontanos ainda não somaram qualquer vitória e só conseguiram dois pontos esta época. Esta segunda-feira, a história do Desportivo fora do Municipal conhece mais um capítulo, agora diante do CD Nacional, e o técnico flaviense quer que seja desta que a vitória sorri à equipa.

 

“Encaramos o jogo com otimismo. Respeitamos o nosso adversário, mas queremos conquistar os primeiros três pontos fora de casa”, disse um motivado Vítor Campelos, mas que tem grandes dores de cabeça no plantel: Bruno Teles, Obiora e Juninho estão lesionados e devem ser ausências, enquanto João Correia está em dúvida para o jogo na Madeira.

 

O Desportivo tem algumas baixas para o jogo e Vítor Campelos terá de rodar a equipa
O Desportivo tem algumas baixas para o jogo e Vítor Campelos terá de rodar a equipa Fonte: GD Chaves

 

“Tem havido algumas limitações, mas temos que nos focar naquilo que temos. Quem jogar vai dar uma boa resposta, todos merecem uma oportunidade. Segunda-feira queremos fazer um bom jogo e conquistar os três pontos. Os jogadores estão otimistas, a trabalharem e a quererem evoluir. Espero um onze forte e preparado para defrontar um adversário valoroso”, disse o técnico flaviense.

 

O GD Chaves defronta o CD Nacional esta segunda-feira, às 18H00, com transmissão televisiva na Sport TV +, mas que também vai contar com alguns adeptos flavienses nas bancadas do estádio da Madeira.


Guilherme Biscaia fez uma 'manita' na goleada 6-3 diante do Amarante

Biscaia volta a brilhar com cinco (!) golos em goleada dos juniores

Guilherme Biscaia fez uma 'manita' na goleada 6-3 diante do Amarante
Fonte: GD Chaves

 

Os juniores vão de vento em popa na II Divisão Nacional depois de somarem com uma demolidora goleada por 6-3 diante do Amarante e com uma figura de proa: Guilherme Biscaia, avançado de 18 anos, assinou uma “Manita” – cinco golos seguidos – e destaca-se como o goleador de serviço dos comandados de Steven Sanches.

 

A vitória gorda dos Valentes Transmontanos foi assinada quase por completo pelo atacante natural da Marinha Grande, com o resultado final a ser fechado pelo cabo-verdiano Luís Maurício, que tem treinado com a equipa principal flaviense.

 

Juniores vencem o Amarante por 6-3
Os juniores golearam o Amarante por 6-3 e estão a apenas um ponto do primeiro lugar Fonte: GD Chaves

 

Com a veia goleadora bem saliente, Guilherme Biscaia conta já com 13 golos no campeonato e é o melhor marcador da prova, com uma média superior a um golo por jogo e a apontar mais de 40% dos golos do conjunto azul-grená e, quem sabe, já começa a pedir uma chamada à equipa principal.

 

Os juniores ficam assim mais perto da liderança da série A, ao estarem a apenas um ponto do CD Trofense. Na próxima jornada vão ao terreno do SC Freamunde, sétimo classificado da prova.