CD Nacional 1-1 GD Chaves: Falta de ideias acaba em empate dramático

Fonte: CD Nacional

 

Um murro no estômago. É assim que os adeptos do GD Chaves sentiram o empate na deslocação ao terreno do CD Nacional. Num jogo difícil, os flavienses tiveram imensas dificuldades em segurar o resultado e acabaram punidos ao cair do pano.

 

O início do desafio até foi animado para os 30 Valentes Transmontanos presentes nas bancadas. Logo aos 16 minutos, um livre direto espetacular de João Teixeira dava o 1-0 para o GD Chaves. Terceiro golo na época para o médio que tem sido a estrela dos transmontanos.

 

Depois do golo, o CD Nacional reequilibrou o jogo e teve algumas oportunidades para empatar, com Paulo Vítor a ter de se aplicar num par de ocasiões. À beira do intervalo, os madeirenses ficaram reduzidos a dez jogadores depois de André Sousa ver o segundo amarelo.

 

Contra-ataque oferecido deu o empate aos madeirenses Fonte: CD Nacional

 

Em vantagem numérica, a segunda parte até prometia um maior domínio do GD Chaves, mas nada mais errado. O CD Nacional pegou no jogo e causou dificuldades permanentes ao Desportivo, que sobrevivia à base da consistência da defesa.

 

As grandes oportunidades ficaram reservadas para perto do fim, primeiro com uma excelente jogada de João Teixeira a terminar com a bola nos pés de Platiny, que rematou para defesa do ex-GD Chaves António Filipe.

 

O balde de água fria caiu em cima dos flavienses no período de compensação. Platiny erra, oferece a bola ao adversário, contra-ataque do CD Nacional e Rochez aparece na área a atirar para o 1-1.

 

O Desportivo sai da Madeira com apenas um ponto, uma valente desilusão e uma cada vez maior lista de compras para o Natal.

 

HOMEM-DO-JOGO

 

Fonte: GD Chaves

 

João Teixeira – O jogador que menos merecia o desaire do GD Chaves. O médio foi a estrela da companhia e brindou uma exibição de grande nível com um golaço de livre. Se noutros tempos parecia uma pedra no sapato do Desportivo, então agora é caso para dizer: quem nos dera ter mais João Teixeiras…

 

O DESAPARECIDO

 

Fonte: GD Chaves

 

 

Platiny – Mais um dia, mais uma desilusão de Platiny. A exibição do brasileiro até nem estava a ser má, uma boa entrada no jogo a dar alguma frescura ao ataque, mas é incontornável o erro no golo do CD Nacional. Transformou um contra-ataque para o Desportivo num golo para os madeirenses.

 

DISCURSO DIRETO

 

João Teixeira: “É um empate que sabe a derrota. Tivemos chances para matar o jogo e na Segunda Liga tem de ser: há jogo até ao fim. Estou sem palavras…”

 

Vítor Campelos: “A forma como sofremos o empate mostra alguma imaturidade. São coisas que não podem acontecer. Devíamos estar mais focados e equilibrados. A primeira parte foi nossa, criámos várias oportunidades e podíamos estar a ganhar por mais que 1-0. Na segunda parte devíamos estar mais tranquilos e criar mais oportunidades”



Start a Conversation

O seu endereço de email não será publicado.