Não foi por falta de aviso!

 

Ao contrário do que muitos possam pensar, nesta página não criticamos por criticar. Aliás, seremos a única página de apoio ao clube que diz as verdades sem medo de parecer mal. “Ah e tal, mas nem a cara dais”… Precisamente, num clube onde o lápis azul funciona, é óbvio que haja algum receio de dar a cara para dizer as verdades. Cobardes? Talvez, ainda assim, somos dos poucos que estamos nos bons e nos maus, sempre com a verdade pela frente. Nunca iremos cair nesta moda de bater palminhas, nem nunca nos iremos calar e apontar todos os erros, pois somos da opinião que amar é magoar com a verdade.

 

Posto isto, e voltando ao início. Não foi por falta de aviso.

 

Desde o primeiro dia em que empatamos nas Aves que dizemos que esta equipa não tinha qualidade para estar na Primeira Liga, fizemos sugestões, fomos alertando para factos, e mesmo assim, na hora da descida, a contestação vira-se para quem tenta ajudar, e não para quem está aos poucos a destruir este clube. Todo o trabalho que teve o Sr. Francisco em levantar o clube da lama, está agora a cair por terra nas mãos de alguém que gere por impulso e que já demonstrou que de futebol sabe muito pouco.

 

“Obrigado pelo vosso apoio!”

 

Esta é a única comunicação que se lê do clube (SAD) depois de tantas derrotas. Uma comunicação inconstante que deixou de partilhar fotos do jogo para se limitar a partilhar duas ou três das bancadas dizendo “Obrigado pelo vosso apoio!”. Hoje não será diferente, desengane-se quem espera por um pedido de desculpa da administração como vimos por parte do presidente do Belenenses, ou como ouvi hoje o comentador da Rádio dizer que era necessário. Desenganem-se…

 

Hoje vimos uma iniciativa por parte de um grupo de adeptos que colocou um caixão à porta do balneário, partilhamos com vocês para vos informar da iniciativa, e fomos acusados de não respeitar o momento do clube, de exagerarmos… Sabem o que eu acho falta de respeito e exagero? No jogo que vai dar a nossa descida de divisão, ouvirmos nos altifalantes do estádio que a loja tem as camisolas em promoção… Numa altura em que se impunha uma tomada de posição e o tal pedido de desculpa que muitos falaram, a única coisa que obivemos foi que “a loja tem camisolas em promoção”, porque essa é a verdadeira cara deste novo Chaves. Vender, vender, vender…

 

Mas não foi por falta de aviso!

 

Em relação ao jogo, foi tão mau, que até nos custa comentar. Uma vez mais um Chaves apático sem capacidade de ação, e ainda menos de reação. Fica a entrega de Essugo, Guzzo e Vasco. Fica a atitude de Vasco, Benny, Vitória, Guzzo, Correia e mais tarde o Essugo, que se mostraram homens de carácter e no fim do jogo foram à bancada, e sem dizer uma palavra, pediram desculpa. Ficam as palavras do Vasco na flash a pedir desculpa e assumir o fracasso. É de homem. Os restantes?! Aqueles que foram de longe bater palmas, aqueles que abandonaram o relvado assim que tiveram uma oportunidade, aqueles que estiveram em campo mas sem que se desse por eles, aqueles que no jogo que dita a descida de divisão vão com o telemóvel para o banco de suplentes… esses não merecem vestir esta camisola.

 

Não vamos pedir desculpa por dar a nossa opinião, seja agora, durante a época, ou nas proximas semanas… Não somos nós que devemos pedir desculpa.

 

 

Hoje não metemos a votação o homem do jogo, porque hoje não tivemos dúvidas que quem merece a menção, para saber quem é, e conhecer as notas dos jogadores. Basta carregar em “Página seguinte”.

3 thoughts on “GD Chaves 0-1 FC Famalicão | “Obrigado pelo vosso apoio”

  1. Infelizmente não sou pai de nenhum jogador e não me referi às duas ou três centenas de adeptos que, sistematicamente, acompanham o clube, refiro-me aquilo que se vive no nosso estádio.

  2. Não fale sem conhecer , deve ser pai de algum jogador…
    Veja quanta gente do Chaves tem fora sempre a assistir aos jogos ..

  3. Peço imensa desculpa por discordar de vós, mas eu penso exatamente o contrário estes adeptos não merecem NADA. São uns espetadores abúlicos, mal educados e, desculpem-me a expressão, parolos. Muitas das pessoas que acorrem ao estádio não sabem estar e comportam-se como pastores que guardam rebanhos nos montes, emitindo monossílabos, sons guturais e palavrões que fariam corar os seus progenitores de vergonha. OS NOSSOS KOGADORES JOGAM SEMPRE FORA DE CASA.
    A administração pode não ser grande coisa, mas os “adeptos” são infinitamente pior. A cidade é pequena, mas a gente que nela vive é mais pequena ainda, começando pelo presidente da edilidade que nada faz para atrair população e recursos para cá, ele que disse que ia virar a cidade “de cabeça para baixo”. Temos o que merecemos…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

P