“Erro gravíssimo”: ex-árbitros criticam VAR do GD Chaves-Rio Ave

 

A decisão promete fazer correr tinta. Já à beira dos 90 minutos, o Rio Ave marcou o golo do empate frente ao Desportivo, num lance em que o autor do golo estava adiantado. No entanto, o VAR fez as linhas sem contar com o avançado vilacondense.

 

As críticas dos adeptos foram muitas e os especialistas juntam-se às queixas: “Erro gravíssimo! Não acredito! Quem fez esta linha não pode estar mais como VAR!”, afirma Iturralde González, ex-árbitro internacional espanhol, em análise no jornal Record.

 

 

Já os antigos árbitros Marco Ferreira e Jorge Faustino apontam à posição irregular de Leonardo Ruíz: “Se estava adiantado, não pode ser validado.”

 

Na crónica do jornal, também é assinalado o erro: “O VAR colocou a linha em Boateng (em jogo), mas devia ter também visto a posição de Ruiz pois foi quem marcou e estava adiantado.”

Outras publicações

Leave a Comment