GD Chaves 1-0 SC Covilhã: Golaço rumo à Primeira

Fonte: GD Chaves

 

Foi à lei da força que o Desportivo de Chaves ganhou os três pontos no dérbi serrano. Frente ao SC Covilhã, bastou um golaço de Guima para somar a terceira vitória seguida.

 

Os adeptos assustaram-se bem cedo, com Kukula a falhar o desvio para golo aosseis minutos e quando João Teixeira saiu lesionado aos 14 minutos e deu lugar a Paulinho. O Chaves levantou a cabeça e dominou a partir dos 20 minutos, especialmente após um cabeceamento de Patrick, pouco ao lado.

 

Aos 37 minutos há o lance polémico do jgoo: Wellington é pisado por um adversário na área do Covilhã, mas nada é assinalado.

 

 

Muitos protestos das bancadas, mas a alegria chegou pouco depois. Wellington oferece a bola a Guima e o médio, com um tiro de longe colocadíssimo, marca um golaço para o 1-0. Estreia a marcar com a camisola azul-grená.

 

A segunda parte foi mais sofrida, o Desportivo teve de segurar a vantagem e ainda viu o SC Covilhã a cheirar o golo, como foi o caso aos 51 minutos, com Rui Gomes a falhar o golo dentro da área.

 

Carregados pelos adeptos, os Valentes Transmontanos ainda cheiraram o golo, mas os serranos da Estrela conseguiram despachar as tentativas do conjunto azul-grená. Três pontos conquistados, terceiro lugar seguro e começa a morder os calcanhares aos rivais do pódio.

 

HOMEM-DO-JOGO

 

Ricardo Guima
Fonte: GD Chaves

 

Ricardo Guima – Quem marca um golaço destes só tem de ser premiado. Deu a vitória ao GD Chaves e mostrou bem tudo aquilo que pode dar ao meio-campo. Chega tarde, mas ainda a tempo de fazer a diferença.

 

O DESAPARECIDO 

 

João Batxi
Fonte: GD Chaves

 

João Batxi – Não teve o envolvimento no jogo que marcaram os últimos encontros. A consistência continua um pouco em baixo do que seria aconselhável, mas diga-se que também não comprometeu muito a equipa. Foi o menos bom, vá.

 

DISCURSO DIRETO 

 

Ricardo Guima: “São mais três pontos, muito importantes nas nossas ambições. São quatro finais, vamos pensar jogo a jogo. Está nas nossas mãos.”

 

Vítor Campelos: “Agradecer aos adeptos a força que nos deram, são importantes na nossa caminhada. O SC Covilhã vinha num crescendo de forma, com 10 pontos em em cinco jogos, como nós. Quem jogou deu uma excelente resposta.”

Outras publicações

Leave a Comment