GD Chaves recebe Santa Clara em jogo de “exigência máxima”

Fonte: GD Chaves

 

Com a goleada sofrida na Luz atrás das costas, o Desportivo de Chaves regressa a casa para receber os açorianos do Santa Clara. Para Vítor Campelos, a exigência é grande para os flavienses.

 

“Vamos ter de ser muito competitivos, muito organizados e muito concentrados em todos os momentos do jogo. Se assim fizermos, estou em crer que, respeitando o nosso adversário, vamos fazer de tudo para ficar com os três pontos”, afirma.

 

Do outro lado está uma equipa que vem motivada, depois de ter empatado 1-1 com o campeão nacional FC Porto. Algo que aumenta a concentração do Desportivo de Chaves.

 

 

“É bastante importante ganharmos para consolidarmos a nossa posição na tabela classificativa. Sabemos das dificuldades que vamos encontrar, mas também tudo aquilo que temos de fazer para levar o Santa Clara de vencida e, por isso, temos de ser uma equipa ao melhor nível”, aponta o treinador.

 

Ausentes vão estar os lesionados Obiora – que ainda não recuperou a forma – Sidy Sarr e Bruno Langa, além do suspenso Ricardo Guima. Mas Campelos afasta quaisquer preocupações.

 

“Todos têm trabalhado muito bem desde o início da época. Mesmo aqueles que não são tão utilizados têm trabalhado de uma forma inexcedível e, por isso, vai jogar alguém no lugar do Guima que vai ter muita vontade de demonstrar que tem qualidade e que merece jogar. Estamos muito confiantes e confiamos em todos os nossos jogadores”, conclui.

 

O Desportivo de Chaves recebe o Santa Clara esta segunda-feira, às 20H15, em jogo da 12.ª jornada da Primeira Liga.

Outras publicações