O fim de uma equipa que fez história

Fonte: GD Chaves

 

O sorteio dos campeonatos nacionais de futsal feminino revelou o que já se esperava: o GD Chaves terminou com a equipa, depois da descida à II Divisão. O fim de uma modalidade que levou o nome do Desportivo de Chaves longe pelos pavilhões de Portugal.

 

A extinção já se adivinhava desde o final da época passada. A equipa trabalhava sob condições difíceis e os maus resultados ditaram a despromoção, com as jogadoras mais importantes a saírem ao longo do verão, tal como a treinadora Rute Carvalho, que anunciou a saída na reta final da temporada.

 

O fim surge quase dois anos depois da participação histórica na final da Taça de Portugal. A qualificação para o jogo decisivo foi conseguida em 2019/2020, mas a pandemia adiou a grande final frente ao Benfica para dezembro de 2020.

 

 

O resultado acabou por ser uma derrota por 5-0, mas estava feita história. Tal como a história de oito temporadas seguidas na I Divisão, 166 jogos e 49 vitórias festejadas pelos adeptos flavienses por esse país fora.

 

Em Chaves foram formadas jogadoras de seleção, internacionais jovens, transmontanas que se mostraram e se destacaram no futsal.

 

O futsal feminino do GD Chaves chega ao fim.

 

Mas, esperemos, que este seja um “até já” e que cabeças mais sábias consigam dignifcar as modalidades do maior clube de Trás-os-Montes.

Outras publicações

Leave a Comment