Do Melhor ao Pior

Do Melhor ao Pior no… Casa Pia-GD Chaves: Jogo de serviços mínimos

Fonte: GD Chaves

Na primeira deslocação da época ao sul do país, o Desportivo conseguiu a vitória pela margem mínima frente a uma das equipas mais fracas do futebol profissional em Portugal. Eis como se portaram os Valentes Transmontanos.

 

Igor Rodrigues – 5: Teve pouco trabalho, mas das poucas vezes que interviu assustou os adeptos com uma abordagem sem sentido. Mas pronto, não levou golos e isso é que interessa.

 

Jean Filipe – 7: O melhor jogo de Jean com a camisola do Chaves. Esteve muito certo na lateral direita, ainda criou perigo de livre e fez a assistência para o golo de João Paredes. Muito certinho.

 

José Gomes – 6: Voltou a fazer arrancadas que colmataram a falta de criatividade do ataque. Esteve bem e raramente falhou e deu velocidade na ala em momentos importantes. Bom jogo.

 

Calasan – 6: Não teve trabalho nenhum e quando teve bola soube o que fazer com ela sem comprometer.

 

Hugo Basto – 6: Idem aspas com o colega de defesa.

 

Carlos David – 4: Estava a jogar sequer? Há jogadores que são autênticas sombras em campo e o brasileiro é um deles. Não mostra acrescentar nada à equipa… outra vez.

 

Costinha – 5: Muito apagado e a sofrer bastante com a falta de estatura no meio-campo. Raramente teve alguém a quem passar a bola e não pôde mostrar o melhor nível.

 

Gamboa – 4: Muito pão sem sal, não deu criatividade, pouco deu ao jogo. Ao nível de Carlos David.

 

João Teixeira – 5: Exibição apagada mas a sofrer muito por jogar fora de posição. Já aprendemos isto nos tempos do Daniel Ramos: o João Teixeira NÃO é extremo,! Aprender desperdiçar o miúdo, que ele tem excelentes pés.

 

João Paredes fez o único golo do jogo Fonte: GD Chaves

 

João Paredes – 7: Outro jogador que sofreu imenso por jogar fora de posição. Porque é que se mete um pinheiro na ala? Para quê? O Chaves joga “obcecado” com bolas pelo ar e Paredes só tinha de estar a ponta-de-lança. Ainda assim, fez o golo da vitória, na estreia a marcar.

 

Platiny – 3: Que exibição tão fraca do brasileiro. Não acrescentou nada ao jogo, parecia perdido em campo e por duas vezes não soube desviar para golo cruzamentos à frente da baliza. Parece não se ajustar bem ao que o Desportivo quer jogar…

 

João Bachi – 6: Boa estreia do luso-angolano! Entrou com vontade de mostrar serviço, esteve criativo, soube desmarcar-se (apesar dos colegas não levantarem a cabeça para o encontrar) e não teve medo de rematar de longe. Dá mais que muitos jogadores dos seniores.

 

Sodiq Fatai – 5: Pouco acrescentou. Continua sem mostrar grande coisa.

 

Jefferson – 5: Aguentou o resultado.

 

José Mota – 5: Continua sem se perceber o que quer fazer com a equipa. Os jogadores não rendem, o ataque anda sempre perdido e as invenções no onze inicial não fizeram sentido. Ao menos conseguiu mais uma vitória e a defesa parece estar cada vez mais sólida. Só falta o resto.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *