GD Chaves 1-1 Vizela: Fôlego durou só 20 minutos

Fonte: Liga Portugal

 

O regresso a casa não foi feliz para o Desportivo de Chaves, que não foi além de um empate com o Vizela. Num jogo em que Vítor Campelos repetiu o mesmo onze, os jogadores quebraram perante o calor flaviense.

 

Os Valentes Transmontanos arrancaram o jogo por cima e depressa chegaram ao golo, com o espanhol Héctor Hernández a aproveitar uma oferta vizelense para fazer o 1-0 aos oito minutos.

 

A vantagem ainda podia ter sido maior, com várias oportunidades e bom futebol a deixarem os flavienses próximos do golo, como mostrou um remate forte mas desenquadrado de João Teixeira aos 13 minutos, mas o Vizela conseguiu reequilibrar a partida.

 

 

Primeiro um cabeceamento causou calafrios à defesa flaviense aos 20 minutos, mas a bola foi por cima. Já em cima do intervalo, chegou o empate: demora de Nélson Monte para despachar a bola e Zohi a rematar colocado para o 1-1 com que se chegou ao intervalo.

 

A segunda parte deu mais Vizela e foi preciso esforço de Paulo Vítor para evitar a reviravolta adversária. Mas a arbitragem entrou em cena aos 53 minutos, num lance em que uma cotovelada deixou Benny a sangrar, mas não foi assinalado penálti. Do outro lado, Steven Vitória impedia o golo vizelense.

 

 

A disciplina foi dstaque na reta final, primeiro com um duplo amarelo a expulsar João Teixeira, depois com Sarmiento a ver vermelho direto por pisar o calcanhar de Steven Vitória.

 

Juninho teve a última grande oportunidade para garantir a vitória, mas o cabeceamento acabou defendido. O Desportivo de Chaves ficou com um ponto, mas com a sensação que poderia garantir a vitória.

 

HOMEM-DO-JOGO

 

Héctor Hernández
Fonte: GD Chaves

 

Héctor Hernández – Apareceu na altura certa para aproveitar uma oferta para o 1-0. Infelizmente, a quebra do GD Chaves no jogo deixou o espanhol fora de cena, mas leva para casa o único golo da partida.

 

O DESAPARECIDO

 

Nélson Monte
Fonte: GD Chaves

 

Nélson Monte – No lance que marca o jogo, o defesa saiu com a bola, não a despachou a tempo e acabou por oferecer o empate ao Vizela. Tem de ter mais cabeça fria.

 

DISCURSO DIRETO

 

Héctor Hernández: “Muito feliz pelo primeiro golo na liga portuguesa, mas importante era vencer. Obrigado aos nossos adeptos pelo apoio.”

 

Vítor Campelos: “Resultado ajustado, mas se houvesse um vencedor seríamos Nós. Parece-me haver uma grande penalidade a nosso favor. Fantástica atmosfera nas bancadas!”

 

Chaves

28Paulo Vítor Guarda-Redes
77João Correia Defesa
19Steven Vitória Defesa 16'
3Nélson Monte Defesa
5Bruno Langa Defesa
6Kevin Pina 26 Médio
8João Mendes 70 Médio
10João Teixeira Médio 62'
71'
11João Batxi 28 Avançado
73Benny Sousa 20 Médio
89Héctor Hernández 9 Avançado 8'
26Ricardo Guima 6 Médio
70Hélder Morim 8 Médio 80'
20Juninho 73 Avançado 68'
9Patrick Fernandes 89 Avançado
28Jonny Arriba 11 Avançado

Outras publicações

Leave a Comment