Crónicas do Topo Sul

GD Chaves 3-0 Ac. Viseu: Chuva de golos abençoa triunfo flaviense

Fonte: GD Chaves

 

Depois de três jornadas a desiludir, o GD Chaves tirou a barriga de misérias e conseguiu conquistar a primeira vitória na Segunda Liga, para deleite dos adeptos que encheram a capacidade do Municipal.

 

Logo aos três minutos surgiu a primeira explosão de alegria, com João Mendes a aguentar a bola e a fazer a assistência para João Teixeira, que não deu hipóteses no cara-a-cara com o guarda-redes para fazer o 1-0. Aos 14 minutos, foi Adriano Castanheira a tentar a sorte à entrada da área, mas o remate foi à figura de Ricardo Janota.

 

O Desportivo parecia estar por cima, mas sofreu um forte revés ao quarto de hora: Luís Rocha derrubou um adversário que seguia isolado para a baliza e viu o cartão vermelho direto. Com menos um, os comandados de Vítor Campelos tremeram por momentos e só Samu conseguiu travar o remate de Ayongo, que escapou aos defesas flavienses mas não conseguiu bater o jovem guarda-redes.

 

João Teixeira marcou dois golos e conquistou o segundo prémio de homem do jogo esta época Fonte: GD Chaves

 

O GD Chaves recompôs-se e contou com as grandes exibições defensivas de Obiora – central improvisado – e Alexsandro para manter a vantagem mínima. Para a segunda parte estava reservada mais ação, mas só a partir dos últimos 20 minutos. Patrick Fernandes, acabado de entrar, pressionou a linha defensiva do Académico Viseu, o guarda-redes Janota facilitou e o internacional cabo-verdiano só teve de encostar a bola para dentro da baliza para fazer o 2-0.

 

Mas ainda faltava um último momento de festa para os Valentes Transmontanos, que surgiu logo a seguir. Grande combinação no ataque flaviense, Adriano Castanheira a dar a bola para João Teixeira que rematou colocado para o 3-0, com o bis do médio na partida. Já na compensação, João Correia teve nos pés a possibilidade de fazer o quarto golo, mas o remate saiu frouxo e foi bloqueado por um defesa.

 

O GD Chaves consegue a primeira vitória na Segunda Liga no resultado mais dilatado da época até ao momento e no primeiro jogo sem sofrer golos dos Valentes Transmontanos. Agora segue-se uma semana de paragem para as provas de seleções, com o campeonato a regressar no fim-de-semana de 12 de setembro, com uma deslocação à casa emprestada do Vilafranquense, em Rio Maior.



HOMEM-DO-JOGO

 

Fonte: GD Chaves

 

João Teixeira – Havia muito por onde escolher para dar o prémio de homem-do-jogo, mas a escolha recai no homem dos golos. João Teixeira estreou-se a marcar esta temporada e logo com um bis, em mais um jogo em que o médio encheu o campo. Será esta a época de consagração do criativo? Até já, parece que sim!

 

O DESAPARECIDO

 

Fonte: GD Chaves

 

Luís Rocha – Desfalcou a equipa logo aos 15 minutos e podia ter deixado o GD Chaves em maus lençóis num jogo em que só a vitória interessava. Vá lá que a equipa conseguiu exibir-se em grande nível mesmo sem o defesa, mas este vermelho direto vem desfalcar ainda mais as escolhas de Vítor Campelos.

 

DISCURSO DIRETO

 

João Teixeira: “Entrámos bem no jogo, depois tivemos a infelicidade da expulsão do nosso capitão, mas só uma equipa consegue ganhar por 3-0 depois da expulsão. O que interessa é que os três pontos ficaram em Chaves.”

 

Vítor Campelos: “Uma vitória dedicada aos jogadores por tudo o que se tem passado desde o início da época. Às vezes temos treinado com 13 ou 14 jogadores e hoje tivemos jogadores que só fizer um ou dois treinos. Tínhamos de ganhar para dar uma injeção de confiança. Sabíamos que o jogo ia ser difícil, o Viseu é muito bem orientado, ainda para mais quando ficámos em inferioridade numérica. Mas os jogadores foram heróis, foram solidários e foi uma vitória saborosa e completamente merecida.”

COMENTA ESTE ARTIGO

O seu endereço de email não será publicado.