Mercado de Transferências

Guedes, Toro e Juninho são reforços fora de horas no GD Chaves

Jonathan Toro foi contratação surpreendente no GD Chaves
Fonte: GD Chaves

Hélder Guedes, Jonathan Toro e Juninho são as grandes novidades do GD Chaves já depois do fecho do mercado.

 

O destaque vai para o avançado de 33 anos, que chega para ocupar o lugar de André Luís, que rumou ao Moreirense FC no último dia de mercado. O experiente jogador já é um desejo antigo nos Valentes Transmontanos, com o interesse a durar desde o final de época 2017/2018, mas só agora se concretizou. Guedes também tem laços próximos com o Desportivo, já que o pai, José Guedes, vestiu a camisola azul-grená na época 1992/1993.

 

A grande surpresa deste trio de contratações tardias chegou logo na quarta-feira, quando o GD Chaves anunciou Jonathan Toro, ex-Tondela. O médio ofensivo polivalente participou em 32 jogos pelos beirões e marcou um golo, mas regressa à Segunda Liga para representar os Valentes Transmontanos. O internacional hondurenho passou várias épocas no segundo escalão, onde exibiu-se a grande nível ao serviço de Gil Vicente, Varzim SC e Académica.

 

Hélder Guedes já treinou com a camisola flaviense
Guedes e Jonathan Toro já trabalharam com os novos colegas de equipa Fonte: GD Chaves

 

Por último, chegou o extremo Juninho ao Municipal. O brasileiro de 23 anos é menos conhecido que as outras duas novidades, mas tem currículo para mostrar. Foi formado no Athletico Paranaense, um clube com nome no futebol brasileiro e chegou a fazer boas épocas por empréstimo em clubes da Série B. Na última temporada representou o Estoril Praia, onde marcou seis golos em 26 jogos.

 

O plantel do GD Chaves fica reforçado com três jogadores que podem ser importantes, mas ainda pode receber mais um ou dois reforços, já que Rafael Viegas não é opção para Carlos Pinto e Marlon Rangel já deixou os flavienses, com o plantel a ter apenas três centrais. Já João Paredes deixou o Municipal, depois de rescindir contrato, mas não são esperados mais reforços para a frente de ataque.

COMENTA ESTE ARTIGO

O seu endereço de email não será publicado.