Pedras Salgadas: Satélite do GD Chaves entra em campo

Fonte: Pedras Salgadas

 

É já este domingo que o Pedras Salgadas se vai estrear no Campeonato de Portugal, num duelo frente ao Vila Meã. A equipa satélite do Desportivo de Chaves vem de uma tenporada muito positiva nas provas nacionais e este ano há expetativa para ver o que a turma termal pode fazer, ainda para mais com tantos jovens para potenciar.

 

Ao todo são 12 jogadores com ligação ao GD Chaves que vão entrar em campo, com a atenção virada para os que vieram dos juniores flavienses e os jovens contratados para evoluírem no Pedras Salgadas.

 

Novamente sob o comando de Gustavo Souza, os transmontanos têm 26 jogos pela frente na fase regular, onde o objetivo é a manutenção nas provas nacionais pela nona época seguida.

 

Jogadores a acompanhar

 

Edu Borges é aposta do GD Chaves e vai rodar no Pedras Salgadas Fonte: GD Chaves

 

Guilherme – Uma das contratações do GD Chaves que foi diretamente para o Pedras Salgadas, o defesa é um investimento no qual a formação flaviense tem grandes esperanças. No alto dos 1,91 metros, vem de uma boa época no Vianense e espera-se que mostre serviço de azul-grená.

 

Edu Borges – O jovem flaviense assinou contrato profissional com o Chaves, mas vai continuar no Pedras Salgadas. Tem um grande potencial e vai tentar demonstrá-lo na defesa da turma termal.

 

Katatau – Também chamado de Talysson, tem sido um jogador que passa despercebido, mas fez a pré-época com a equipa principal do GD Chaves e o médio traz alguma curiosidade para esta temporada. No último ano fez 22 jogos pelos comandados de Gustavo Souza.

 

Biscaia – A estrela maior para os adeptos do GD Chaves. O avançado vem de um ano goleador nos juniores, com 24 golos marcados. Vai para a primeira época como sénior e tem tudo para mostrad a veia goleadora no Campeonato de Portugal.

 

O treinador: Gustavo Souza

 

Gustavo Souza mantém-se como treinador da equipa Fonte: Pedras Salgadas

 

Ao comando mantém-se o técnico brasileiro, há muitos anos com base em Trás-os-Montes. O ex-jogador do GD Chaves tem uma grande temporada no currículo à frente do Pedras Salgadas e procura confirmar os bons apontamentos.

 

Uma equipa que procura o futebol positivo e que gosta de ter bola, à semelhança do GD Chaves de Vítor Campelos, mas que tem na solidez defensiva a maior arma: ainda não perdeu desde janeiro e contou oito jogos seguidos sem sofrer golos na última temporada.

 

A diferença fica-se pela formação tática, com Gustavo Souza a variar entre o 4-3-3 e o 4-2-31, enquanto o Desportivo joga em 4-4-2 na organização defensiva.

 

Uma equipa do Pedras Salgadas que procura fazer um bom campeonato e potencializar os muitos jovens no plantel. Como destaca o técnico, é “a equipa amis jovem do campeonato, com uma média de idades de 20 anos.”

Outras publicações

Leave a Comment