Polémica dos bilhetes aquece duelo entre GD Chaves e Rio Ave

Fonte: GD Chaves

 

O jogo da época está aí à porta e não é só o objetivo de subir que aquece a última jornada da Segunda Liga. A SAD do Desportivo de Chaves acusa o Rio Ave de voltar atrás com a palavra e limitar o número de adeptos flavienses no estádio dos Arcos e promete processo disciplinar.

 

A polémica estalou no início da semana, depois dos bilhetes a que os Valentes Transmontanos tinham direito rapidamente esgotarem, o que causou alvoroço entre a massa adepta, especialmente nos mais assíduos em jogos do Chaves.

 

Esta quarta-feira, através de comunicado, a administração do Desportivo aponta o dedo ao Rio Ave, com fortes críticas contra os vilacondenses:

 

 

O GD Chaves explica que no dia 4 de maio ficou decidido por e-mail que iam ser disponibilizados 687 bilhetes para adeptos flavienses, todos reservados pela SAD. Três dias depois, os vilacondenses terão voltado atrás na palavra e apenas cederam 5% da lotação do estádio (cerca de 260 lugares) ao Desportivo.

 

A SAD terá tentado resolver o problema com o Rio Ave, que remeteu para o regulamento da Liga. O GD Chaves ameaça avançar com um processo disciplinar contra os vilacondenses, que pode levar a uma multa entre 127 mil e os 255 mil euros.

 

Os ânimos aquecem antes do jogo decisivo da manhã de domingo, onde se vai decidir quem sobe diretamente à Primeira Liga.

Outras publicações

Leave a Comment