Etiqueta: Wagner

15 jogadores terminam contrato e deixam o GD Chaves

Fonte: GD Chaves

Dia de muitas despedidas no Municipal Eng.º Manuel Branco Teixeira. Esta terça-feira, o Desportivo deixou uma mensagem de reconhecimento aos jogadores que terminaram contrato com os Valentes Transmontanos:

 

«Termina hoje, oficialmente, a temporada 2019/20. A todos os que cessam contratos com esta Sociedade Desportiva deixamos uma palavra de reconhecimento e desejamos as maiores felicidades nos próximos desafios profissionais», lê-se numa nota deixada no Facebook do GD Chaves.

 

Os jogadores que deixaram o conjunto azul-grená são: Ricardo Nunes, Igor Rodrigues, Hugo Basto, Simãozinho, Jean Felipe, Diego Galo, David Luís, Babanco, Jefferson, João Gamboa, Bernardo Martins, João Correia, Wagner, Platiny e Sodiq Fatai.

 

Ainda há mais uma saída em prespetiva no Desportivo de Chaves, com Kevin Medina à beira de ser transferido para os azeris do Qarabag. Já Ricardo Moura, guarda-redes de 31 anos, foi o único jogador a terminar contrato que renovou com os flavienses.

Benfica B 1-3 GD Chaves: Segunda parte de gala dá vitória no Seixal

Fonte: Liga Portugal

Estão de regresso às vitórias no Desportivo! Depois da desapontante derrota frente ao Varzim, o Chaves mostrou-se com outra postura e levou a melhor sobre o Benfica B… pelo menos na segunda parte. Para o jogo do Seixal, José Mota apostou em Ricardo Moura, Jean Filipe e João Teixeira no onze inicial, mas o jogo não começou bem para os azuis-grená.

 

Numa primeira parte fraca do Desportivo, as oportunidades para os flavienses surgiam maioritariamente de longe, mas nunca se conseguiu criar grande perigo para a baliza de Svilar, com muitas bolas a irem para a bancada.

 

Já na outra baliza os “bês” encarnados não mostravam muito mais, mas nas poucas oportunidades que tiveram conseguiram abrir o marcador. Jogada de insistência no ataque e Rodrigo Conceição a finalizar e a levar o jogo para intervalo com o Chaves em desvantagem.

 

André Luís bisou no jogo e já chegou aos 10 golos esta época Fonte: Liga Portugal

 

Ao intervalo já se ia buscar as forquilhas em Trás-os-Montes para pedir a “cabeça” de José Mota, mas as entradas de Carlos David e João Correia trouxeram uma segunda parte revitalizada do Desportivo, em buscar dos três pontos muito por culpa de uma dupla brasileira: Wagner e André Luís.

 

Logo aos 49 minutos, penálti a favor do Chaves por falta sobre o extremo brasileiro. Chamado a marcar, André Luís não teve problemas em empatar o jogo. Com o 1-1 no marcador, abriu-se espaço para a magia de Wagner: o brasileiro cortou para dentro desde a esquerda, rematou em jeito e fez o golo da tarde para confirmar a reviravolta, num golaço a fazer lembrar Fábio Martins.

 

E nem foi preciso esperar cinco minutos pelo 3-1, com Wagner a sofrer falta outra vez na área e André Luís, chamado a marcar, não desperdiçou e leva já 10 golos esta temporada de azul-grená.

 

Até final, a vantagem até podia ser maior dos flavienses, mas Sodiq não teve compostura em três ocasiões diferentes para bater Svilar, mas a vitória foi mesmo para os Valentes Transmontanos, que sobem ao 6.º lugar da Segunda Liga.

 

ONZES INICIAIS E SUBSTITUIÇÕES:

 

Benfica B: M. Svilar, L. Pinheiro (P. Henrique, 84′), B. Kalaica, D. Zec, Frimpong, D. Tavares (I. Vukotic, 76′), D. Mendes, T. Dantas, R. Conceição (Vinícius, 75′), N. Santos, D. Dos Anjos

 

GD Chaves: R. Moura, R. Viegas, D. Galo, K. Medina, J. Filipe, Jefferson (J. Correia, 46′), R. Guzzo, J. Teixeira (C. David, 46′), Wagner (J. Gamboa, 82′), S. Fatai, A. Luís

 

Fonte: Liga Portugal

Wagner – Jogo fantástico do extremo brasileiro e a provar aquilo que o Desportivo de Chaves é capaz quando tem um extremo a jogar nas horas. Wagner marcou o golo da tarde num remate de fora da área e sofreu os dois penáltis convertidos por André Luís. Grande joga do experiente atacante flaviense.

Wagner é o primeiro reforço para 2019/20

Fonte: GD Chaves

Está encontrada a primeira cara nova para o ataque à subida de divisão. Depois de quase duas semanas em “silêncio” quanto a reforços para o grupo de trabalho, a administração da SAD anunciou a chegada do extremo experiente Wagner, proveniente do Paços de Ferreira.

 

Aos 32 anos, o brasileiro é um velho conhecido dos Valentes Transmontanos, tendo defrontado o Chaves na Segunda Liga ao serviço do Moreirense e Tondela, onde também chegou a defrontar o conjunto azul-grená na Primeira Liga. Formado nos brasileiros do Rio Claro, Wagner chegou a Portugal em 2008/09 para jogar no Aliados do Lordelo, onde esteve três temporadas até dar o salto para o Moreirense, onde ajudou os cónegos a alcançarem a subida à Primeira Liga com dez golos em 40 jogos. Depois de não conseguir evitar a descida na época seguinte, voltou a ter papel de destaque em recolocar a equipa minhota no principal escalão em 2013/14, mas não continuou de verde-e-branco, seguindo para o Zawisza Bydgoszcz, da Polónia.

 

Wagner foi importante na caminhada para a subida de divisão do Paços de Ferreira Fonte: FC Paços de Ferreira

 

Depois da aventura em solo polaco durar apenas meia-época, regressou a Portugal para representar o Nacional da Madeira na Primeira Liga, onde jogou 12 partidas e fez um golo, sendo recambiado para o Tondela na época seguinte. Nos beirões, Wagner contou com um papel importante nas duas milagrosas manutenções no principal escalão do futebol português, com 57 jogos e sete golos em duas temporadas. Ainda iniciou o terceiro ano no Estádio João Cardoso, mas pouca utilização fez com que iniciasse uma nova aventura no estrangeiro no mercado de inverno, assinando pelos tailandeses do Thai Honda FC.

 

Na época passada foi essencial na subida do Paços de Ferreira, com 24 jogos realizados na Segunda Liga e quatro golos marcados. Um desequilibrador nato e uma dor de cabeça constante para as defesas contrárias, tem a experiência e o talento para ser pedra vital na luta pela subida do Desportivo de Chaves. Ficamos à espera por ver Wagner em acção.