A época do GD Chaves prevista pelo… Football Manager 2021

 

Com a temporada 2021/2022 pronta a começar, é grande a expetativa sobre se é desta que o Desportivo consegue a subida à Primeira Liga. A poucas horas do pontapé de saída na primeira jornada, usámos o famoso jogo Football Manager 2021 para prever o destino dos comandados de Vítor Campelos. Eis o resultado.

 

Mercado de Transferências

 

 

Ainda com três semanas até ao fecho de mercado, vamos ver o que o jogo prevê das futuras contratações do GD Chaves. E as escolhas não são propriamente as esperadas.

 

Do Estoril Praia chega João Diogo, experiente lateral direito, que acaba por pouco jogar durante toda a época. Já o Vitória SC emprestou o médio Miguel Luís aos Valentes Transmontanos. Houve também a aposta em jovens portugueses, com o médio Francisco Varela e o defesa Pedro Rosas a serem contratados, tal como os ex-Benfica Tomás Azevedo e Guilherme Fernandes

 

Francisco Varela, ex-Cova Piedade e Pedro Rosas, ex-Vitória SC. Miguel Luís emprestado pelo Vitória SC. Tomás Azevedo e Guilherme Fernandes – este último no mercado de inverno – contratados ao Benfica B. Quanto a saídas, apenas há a registar o empréstimo de Pedro Ribeiro ao Amarante.

 


Segunda Liga 2021/2022

 

 

Campeões! A previsão aponta o GD Chaves não só à subida, como ao título de campeão da Segunda Liga. Mas há outros dados para olhar: para começar, esta é uma competição nivelada por baixo, já que o Desportivo fica no primeiro lugar ao fazer apenas mais três pontos que na época passada. Com 60 pontos, o GD Chaves sucede ao Estoril Praia, mas conquista menos 10 pontos que os canarinhos.

 

Quanto aos jogadores, o grande destaque vai para Miguel Luís – contratado durante a simulação – que conseguiu quatro golos e sete assistências em 33 jogos. Segue-se Platiny, o melhor marcador da equipa com nove golos, além de Patrick Fernandes que, depois de uma época inteira como suplente utilizado, consegue marcar oito golos. Outros destaques vão para João Teixeira, com quatro golos e quatro assistências, tal como Luís Rocha, com quatro golos e três assistências para o capitão flaviense.

 

Ao comando da equipa esteve Vítor Campelos, que se aguentou no cargo toda a época e conseguiu levar o GD Chaves à promoção.

 

Taça de Portugal 2021/2022

 

Na Taça de Portugal, o sentimento foi agridoce. Na 2.ª eliminatória, o Desportivo venceu o Caniçal por 2-0, com um bis de Platiny de penálti. Na terceira eliminatória surgiu um difícil desafio frente ao FC Porto, que terminou com uma surpreendente vitória frente aos dragões: Evanilson colocou os portistas em vantagem, mas Patrick conseguiu fazer o empate aos 85 minutos. No prolongamento, o internacional cabo-verdiano fez o 2-1 e levou o GD Chaves à próxima eliminatória.

 

Porém, logo na fase seguinte, o Desportivo acaba eliminado pelo Beira-Mar, numa derrota no desempate nas grandes penalidades após o empate 2-2 nos 90 minutos.

 

E na vida real? Será que o GD Chaves vai ter tanto sucesso? Esta pergunta começa a ser respondida às 14H00 de sábado, com a estreia do Desportivo na Segunda Liga.

Outras publicações

Leave a Comment