Antevisões

Antevisão Penafiel-GD Chaves: Será desta que o Desportivo encontra o caminho?

Fonte: GD Chaves

Parece não haver forma da temporada desastrosa do Desportivo de Chaves voltar aos carris e seguir caminho para os bons resultados e boas exibições. Depois de mais uma derrota, agora com a Académica, os flavienses somaram o quinto jogo seguido sem vencer e os adeptos começam a virar as costas a um equipa que insiste em desiludir.

 

Na luta por dar a volta aos acontecimentos está César Peixoto, um treinador jovem mas sob contestação. Um reflexo dos mais resultados da equipa mas que, na nossa opinião, vai para lá do treinador. Porém, sem resultados não há estabilidade e Chaves caminha para ficar de costas voltadas para o Desportivo outra vez.

 

Mas esqueçamos os problemas maiores do conjunto azul-grená para focar no próximo jogo. Há quatro baixas confirmadas para a difícil deslocação a Penafiel, com Rafael Viegas, David Luís, Babanco e Niltinho a estarem fora das opções, além de Simãozinho, que treinou condicionado.

 

Assim, temos a certeza que José Gomes vai ser titular na lateral-esquerda, mas há opções que os adeptos suplicam há várias jornadas: jogar de início com dois avançados. Nos últimos jogos, César Peixoto tem apostado numa espécie de 4-3-3 que não tem resultado e é imperativo que regresse um onze com Platiny e André Luís na frente. Além disso, a fraqueza da defensiva flaviense faz suplicar pelo regresso de Calasan (uma ausência que teima em não ser explicada) à titularidade.

 

Assim, avançamos com o seguinte onze para Penafiel: Ricardo Nunes na baliza, Jean Felipe, Diego Galo, Calasan e José Gomes na defesa; Jefferson e Guzzo no meio-campo, João Correia e Batxi nas alas; André Luís e Platiny na frente.

 

PENAFIEL À PROCURA DE CAUSAR PROBLEMAS

Pires, de 38 anos, é uma das maiores ameaças dos penafidelenses Fonte: Penafiel

O Chaves vai ter pela frente um Penafiel que rapidamente passou de candidato à subida para equipa meramente de meio da tabela. Uma equipa que não tem muitos fora-de-série, mas que tem um plantel consistente e que pode causar problemas aos flavienses.

 

O destaque da equipa vai para a dupla de ataque: Ronaldo Tavares e Pires. Aos 38 anos, o experiente avançado leva já cinco golos esta temporada. Já o jovem ponta-de-lança conta com seis golos em todas as competições.

 

No entanto, a época penafidelense está cheia de altos e baixos. Atualmente, depois de três vitórias seguidas, já não vencem há quatro jogos, com três empates e uma derrota, que deixa o Penafiel no 12.° lugar com 26 pontos, menos um que o Desportivo de Chaves.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *