Covid-19 «matou» sonho dos juniores e deixa seniores a treinar em casa

Fonte: GD Chaves

Já vamos em duas semanas de estado de emergência em Portugal devido às pandemia do novo Coronavírus e os efeitos no Desportivo já se sentem, mas não na equipa principal. A FPF decidiu cancelar as competições das camadas jovens e, numa só decisão, acabou com o sonho dos juniores flavienses, que estavam destacados na luta pela subida à I Divisão.

 

Final amargo para os comandados de Steven Sanches, que ficaram sem a possibilidade de fechar o ciclo na formação com um título, já que vários jogadores vão (esperemos nós) dar o salto para a equipa satélite na próxima época. Nas restantes equipas, o principal objetivo – a manutenção – estava garantida e o estrago acaba por ser menor.

 

César Peixoto orientou treino por videoconferência a partir de casa Fonte: Instagram César Peixoto

 

Desilusão nas camadas jovens, enquanto a equipa principal continua em «águas de bacalhau», já que não se sabe o que vai acontecer às competições. A Federação aponta para despachar a época até 3 de agosto, mas ainda não há decisão final sobre nada. No Desportivo, paira a incógnita sobre que equipa vai terminar a temporada, porque metade dos jogadores terminam contrato a 30 de junho.

 

Enquanto se espera por decisões concretas da parte de quem manda no futebol português, César Peixoto mantém os jogadores ativos com treinos por videoconferência. Faz-se o possível para manter o ritmo, numa altura em que os jogadores não pisam o campo de treinos do Desportivo de Chaves desde 12 de março.

Start a Conversation

O seu endereço de email não será publicado.