GD Chaves 1-1 Rio Ave: Quem não marca…

Fonte: Liga Portugal

 

Tantas mas tantas oportunidades o Desportivo de Chaves teve para “matar” o jogo, mas o facilitar na finalização acabou com um empate desapontante para as cores flavienses, que mereciam mais do duelo de recém-promovidos.

 

Num primeiro tempo ditado pelo equilíbrio, foi Arriba a deixar o primeiro aviso, num remate de longe à figura de Jhonatan. Já o Rio Ave, apostava nos remates de longe para bater a linha defensiva flaviense.

 

Os Valentes Transmontanos festejaram depois da meia-hora: Kevin Pina recupera a bola no meio-campo adversário e oferece o golo a Héctor Hernández, que fez o 1-0 na cara do guarda-redes. Segundo golo do espanhol, com a segunda assistência do cabo-verdiano.

 

 

Pouco depois, Steven Vitória quase marcou, mas o cabeceamento passou ao lado. Do outro lado, Paulo Vítor brilhou para defender o remate do defesa adversário.

 

Na segunda parte o GD Chaves susteve o Rio Ave nos primeiros 20 minutos, depois somou oportunidades atrás de oportunidades para marcar. Juninho obrigou Jhonatan à defesa da noite, Nélson Monte rematou à barra e Jô quase fez o 2-0 perto do fim.

 

Do outro lado, João Correia ainda tirou o empate uma vez de cima da linha, mas em cima dos 90′ caiu um balde de água fria: Monte escorregou e Ruiz rematou para o 1-1, resultado injusto, mas com o qual o Desportivo vai ter de aprender.

 

 

HOMEM-DO-JOGO

 

Kevin Pina
Fonte: GD Chaves

 

Kevin Pina – Foi imperial na fase defensiva e é um dos grandes responsáveis por bloquear a equipa do Rio Ave. Garante ainda a segunda assistência consecutiva, num jogo bem conseguido do internacional cabo-verdiano.

 

O DESAPARECIDO

 

Jonny Arriba
Fonte: GD Chaves

 

Jonny Arriba – Muito mexido nas jogadas, mas a pecar imenso na finalização. Os remates foram para a bancada e bastante longe da baliza. Tem de trabalhar isso, apesar de também não parecer estsr confortável a extremo.

 

DISCURSO DIRETO

 

Kevin Pina: “Fizemos um bom jogo, não merecíamos o empate. Preferia os três pontos, mas há que levantar a cabeça. Tivemos várias oportunidades, o futebol é assim…”

 

Vítor Campelos: “Foi um bom jogo. Entrámos fortes, fizemos o golo e estivémos por cima na primeira parte. Tivemos oportunidades mais que suficientes para fazer o segundo golo, mas num lance fortuito sofremos o empate. Merecíamos ter vencido.”

 

Chaves

28Paulo Vítor Guarda-Redes
77João Correia Defesa
5Bruno Langa Defesa
19Steven Vitória Defesa
3Nélson Monte Defesa
6Kevin Pina Médio
26Ricardo Guima Médio
10João Teixeira 95 Médio
20Juninho 73 Avançado
28Jonny Arriba 7 Avançado
89Héctor Hernández 44 Avançado 32'
44João Queirós 89 Defesa
73Benny Sousa 20 Médio
7Luther Singh 28 Avançado
95Jô Batista 10 Avançado

Outras publicações

Leave a Comment