GD Chaves 3-1 Gil Vicente: Show de Mendes

João Mendes marcou dois golos no GD Chaves-Gil Vicente
Fonte: GD Chaves

 

Foi duro, sofrido, mas o esforço do Desportivo de Chaves deu em categórica vitória frente ao Gil Vicente, num pontapé na crise depois da eliminação da Taça de Portugal.

 

O conjunto azul-grená até começou forte, mas com muito desperdício de Héctor. Falhou o goleador espanhol do GD Chaves e foi punido pelo conterrâneo dos gilistas: Paulo Vítor defende um remate, mas Fran Navarro faz o 1-0 na recarga.

 

A resposta flaviense só aconteceu aos 35 minutos, com abass a colocar a bola na baliza, mas o VAR anulou o golo. Antes do intervalo, uma falta junto à área deixou os gilistas com menos um jogador, por expulsão de Marín.

 

 

Na segunda parte chegou o rolo compressor azul-grená: logo nos primeiros segundos, um cruzamento de Abass foi finalizado por João Mendes, que fez o 1-0.

 

À hora de jogo, o GD Chaves chega à reviravolta. Jonny Arriba lançado por João Correia e o espanhol a rematar para o 2-1. Primeiro golo esta época do avançado.

 

Em 20 minutos alucinantes, os flavienses fecharam a vitória, outra vez com João Mendes a brilhar: bola atirada para a entrada da área e remate colocado do médio, que fez o 3-1 final e selou a primeira vitória da época em casa.

 

Futcases tem parceria com a Comunidade Azul-Grená

 

HOMEM-DO-JOGO

 

João Mendes
Fonte: GD Chaves

 

João Mendes – Foi o matador de serviço numa exibição avassaladora. Encheu o campo e foi um dos grandes pêndulos do Desportivo. Dois golos, numa exibição de luxo de João Mendes.

 

O DESAPARECIDO

 

Héctor Hernández
Fonte: GD Chaves

 

Héctor Hernández – Foi só pólvora seca frente ao Gil Vicente. Um falhanço na primeira parte, em que está isolado e faz um autêntico passe ao guarda-redes, é amarca de um final de tarde desapontante do avançado.

 

DISCURSO DIRETO

 

João Mendes: “Muito contente por ajudar a equipa. Merecíamos esta vitória. Demonstrámos o carácter desta equipa, foi um presente feliz de aniversário.”

 

Jonny Arriba: “Muito feliz pelo golo, mas mais pelo grande jogo da equipa. Falhámos várias ocasiões, mas repusémo-nos e merecemos ganhar.”

 

Vítor Campelos: “Orgulhoso dos jogadores que jogaram, os que estavam no banco e os que não foram convocados. Esta vitória é dedicada aos nossos adeptos”.

Outras publicações

Leave a Comment