GD Chaves-SC Covilhã: Reencontro com Ricardo Soares… E com as vitórias?

Fonte: SC Covilhã

Quase três semanas depois o Desportivo regressa a casa para mais um jogo da Segunda Liga, com os adeptos ainda “aziados” com a derrota com o Feirense, a segunda no campeonato.

 

Em Santa Maria da Feira o conjunto azul-grená até esteve bem, principalmente na segunda parte, mas a derrota não caiu bem em Trás-os-Montes e pede-se uma reação imediata ao desaire, de forma a manter o foco na subida de divisão. Ausentes para o jogo já se sabe que estão os lesionados Niltinho, David Luís e Ricardo Nunes.

 

Mas pela frente os comandados de José Mota vão ter a equipa-sensação do início de campeonato: O Sporting da Covilhã. Os serranos somam 12 pontos na tabela classificativa e partilham a liderança com o Farense, depois de sofrerem a primeira derrota na última jornada, por 3-2 com o Leixões.

 

Do lado do Covilhã está um velho conhecido dos Valentes Transmontanos no banco. Ricardo Soares é o timoneiro dos serranos e os adeptos já sabem com o que contar do antigo treinador do Chaves: futebol ofensivo e rápido, mas com um ponto fraco evidente e que pode trazer surpresas nos últimos minutos de jogo, já que Ricardo Soares não sabe mexer na equipa e não raras vezes sofre resultados adversos no último quarto de hora de jogo.

 

No Covilhã, os jogadores a ter em atenção são o médio defensivo Miranda – um jovem que sabe segurar os adversários e que não tardará muito a chegar a vôos maiores – e o extremo Adriano Castanheira, o motor ofensivo verde-e-branco, já com quatro golos e uma assistência esta época, que quase lhe valeram uma ida para o Boavista no final do mercado de verão.

 

Este sábado, às 16H00, começa o frente-a-frente entre serranos e flavienses para lá do Marão, onde o Chaves vai procurar manter a invencibilidade no Municipal.

Start a Conversation

O seu endereço de email não será publicado.