IMG 20240209 WA0008 jpg

 

Dois anos depois a subida à Primeira, o GD Chaves regressa ao campo do Moreirense a lutar por manter o lugar que conquistou nesse mesmo estádio em 2022, numa noite de glória em Moreira de Cónegos no playoff de subida.

 

Muito mudou desde esse dia. Agora é o Moreirense a estar pujante no campeonato, num surpreendente 6.° lugar, enquanto o Desportivo sofre no fundo da tabela. Já não é último, mas continua a alguma distância da linha de água. Porém, os três jogos seguidos a pontuar, mesmo sem ter ganho, dão alento aos comandados de Moreno.

 

Do lado cónego, vieram de uma derrota frente ao SC Braga, mas tal não destoa a campanha extraordinária que estão a fazer. Estão a cheirar os lugares europeus com nove vitórias, cinco empates e seis derrotas, só uma delas contra equipas fora do top-4 e já com um empate frente ao Benfica.

 

Mas há uma baixa importante: André Luís, goleador brasileiro que até saiu do Chaves para o Moreirense, rumou à China e tornou-se numa perda difícil para Rui Borges, o técnico transmontano ao serviço dos minhotos.

 

MORENO DIZ QUE “HÁ ALMA” PARA GANHAR E EXPLICA SAÍDA DE ABASS

 

 

Na antevisão ao jogo com a equipa-revelação da Primeira Liga, Moreno garantiu que o Desportivo está unido na luta pela manutenção. “A vitória tem-nos fugido por este ou por detalhe, uma responsabilidade que é nossa”, disse o técnico, acrescentando que se houvesse falta de alma “não tínhamos conseguido empatar com o Farense depois das dificuldades que o jogo nos criou”.

 

Sem Bruno Langa e Abass, saídas fora de horas nos flavienses, o técnico diz que conta com quem ficou no plantel e explicou a saída do ganês: “foi por questões que eu, enquanto treinador, nunca vou permitir que aconteçam no seio do grupo de trabalho. Mas nunca me vou desculpar por este ou por aquele atleta ter saído ou por qualquer outro não ter entrado.”

 

JOGADOR A TER EM ATENÇÃO

 

PSX 20240207 000239
Fonte: Moreirense

 

Alanzinho: O brasileiro está a fazer uma época extraordinária e é um perigo à solta. Criativo, com bom toque de bola e já a fazer estragos, ao somar quatro golos e cinco assistências em 22 jogos.

 

Mas há outros jogadores a ter em atenção, como o extremo sul-africano Kobamelo Kodisang. O jogador, que chegou a estar perto do GD Chaves na época passada, é um desequilibrados na ala e será um problema para a defesa de Moreno, tendo já um golo marcado e três assistências. De resto, há que ter cuidados redobrados com o médio Gonçalo Franco, o lateral direito Fabiano Souza e o extremo João Camacho.

 

ONZES PROVÁVEIS

 

Moreirense: Kewin Silva, Dinis Pinto, Maracás, Marcelo, Frimpong, Ofori, Gonçalo Franco, Kodisang, Alanzinho, João Camacho, Luís Assué.

 

GD Chaves: Hugo Souza, João Correia, Vasco Fernandes, Steven Vitória, Júnior Pius, Sandro Cruz, Dário Essugo, Kelechi, Leandro Sanca, Rúben Ribeiro, Héctor.

 

ÚLTIMOS CONFRONTOS

 

2021/22: Moreirense 1-0 GD Chaves
2018/19: Moreirense 0-1 GD Chaves
2017/18: Moreirense 0-1 GD Chaves
2016/17: Moreirense 0-0 GD Chaves
2013/14: Moreirense 7-0 GD Chaves

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

P