Equipa Principal

Nélson Lenho: «Faltou-nos eficácia, mas a equipa controlou o jogo»

Fonte: GD Chaves

Com Carlos Pinto ausente por manter-se em confinamento após ordens do delegado de saúde, Nélson Lenho ocupou o lugar do técnico na sala de imprensa. O diretor desportivo do GD Chaves destacou a superioridade flaviense frente ao Varzim SC, mas reconheceu que faltou pontaria no ataque.

 

«Foi bem claro que fomos superiores contra uma equipa típica de Segunda Liga, o Varzim SC veio aqui lutar por um pontinho. E conseguiu. Faltou-nos eficácia, mas a equipa controlou o jogo. Dar os parabéns pela entrega dos nossos jogadores, que foram valentes», disse o dirigente.

 

Nélson Lenho foi o treinador «improvisado» depois de Carlos Pinto não ser autorizado a deixar o isolamento Fonte: GD Chaves

 

Sobre a entrada mais mole no jogo, Nélson Lenho apontou a longa paragem das provas como motivo para os primeiros 20 minutos menos conseguidos: «Este é o nosso primeiro jogo. Nos primeiros 20 minutos estiveram tensos, mas depois libertaram-se e mostraram toda a sua qualidade. Quer-me parecer que foi pela longa paragem, há jogadores que não competiam há seis meses, o que é muito tempo», apontou.

 

Já sobre a ausência de Carlos Pinto, Nélson Lenho não se desdobrou em comentários, mas revelou que o técnico só vai estar disponível na quarta-feira, dia de jogo com o Benfica B: «Fizemos a semana toda sem o nosso treinador e vamos continuar assim até ao jogo com o Benfica B. À partida, ele sairá na terça-feira do isolamento em que o puseram. Mas não me cabe a mim falar, não sou delegado de saúde», concluiu.

 

O plantel flaviense volta aos treinos já na manhã deste sábado, na preparação para o jogo com o Benfica B, agendado para quarta-feira às 16H00, no centro de treinos do Seixal.

COMENTA ESTE ARTIGO

O seu endereço de email não será publicado.