Do Melhor ao Pior

Do Melhor ao Pior no… Benfica B-GD Chaves: João Correia volta a brilhar

Fonte: GD Chaves

Num jogo de loucos, o GD Chaves conquistou a primeira vitória da temporada, apesar dos flavienses até dificultarem a própria vida depois de uma vantagem de três golos, mas André Luís garantiu a vitória dos Valentes Transmontanos. Eis a análise individual aos jogadores do Desportivo.

 

Paulo Vítor – 5: Mostrou segurança em vários momentos, mas o desentendimento com João Correia que ditou o primeiro golo do Benfica B não pode passar em claro. Erros assim podem custar caro num candidato à subida.

 

João Correia – 8: Mais uma grande exibição do lateral-direito. Apesar do erro que levou ao primeiro golo do Benfica B, João Correia fez o que quis de Tomás Tavares e estreou-se a marcar com a camisola azul-grená, além de ser um dos motores do ataque flaviense. O melhor em campo.

 

Bura – 4: Fez a assistência para o primeiro golo, num grande passe de longe, mas facilitou na recuperação do Benfica B. Um cabeceamento mal medido deu o 3-2 aos encarnados e um auto-golo a tentar evitar um remate certeiro sentenciou uma exibição aquém do experiente central.

 

Luís Rocha – 6: Foi seguro e voltou a impor-se fisicamente no centro da defesa. Exibição satisfatória.

 

José Gomes – 5: Jogo discreto do lateral-esquerdo, que continua a tentar encontrar espaço no plantel flaviense enquanto aproveita a ausência de João Reis. Pode e deve fazer mais.

 

Nuno Coelho – 6: Exibição segura do experiente médio-defensivo, mas a abusar das faltas. Não prejudicou o GD Chaves, mas tantas faltas podem trazer problemas mais à frente na temporada.

 

Benny – 7: Mais uma bela exibição de Benny e logo com a estreia a marcar. O médio tem sido uma das surpresas neste início da temporada e foi bastante importante para o triunfo no Seixal.

 

João Teixeira – 5: O médio continua com dificuldades em ser produtivo. Tem técnica para dar e vender e até assistiu André Luís, mas perde-se muitas vezes com a bola e procura fazer tudo sozinho, prejudicando a equipa e a própria exibição. Tem de crescer mentalmente para ser importante neste GD Chaves.

 

Zé Tiago – 7: Grande jogo do «baixinho» extremo do GD Chaves. Zé Tiago fez duas assistências e deixou em água a cabeça dos defesas do Benfica B. Com grande capacidade técnica, não deixou a baixa estatura ser um problema e foi um dos catalisadores da vitória flaviense.

 

João Batxi – 6: Bom jogo do extremo angolano, que ainda pode fazer mais. Marcou um golo e tentou desequilibrar no ataque, mas ainda precisa de umas afinações para ser decisivo no GD Chaves. Para já, tem dado boas indicações.

 

Roberto – 5: Exibição tímida do experiente avançado. Não contou com muitas oportunidades e parece estar especialmente desafinado na altura de finalizar. Tem de fazer mais, porque André Luís está sedento pela titularidade.

 

Wellington Carvalho – 5: Não fez muito nos 30 minutos que esteve em campo. As jogadas não saíam bem e pareceu demorar nas decisões. Pode ser explicado pela falta de ritmo do brasileiro, mas tem de melhorar daqui para a frente.

 

André Luís – 7: O brasileiro só precisou de 10 minutos para fazer o primeiro golo da temporada. Já com o Benfica B a chegar ao empate, o GD Chaves teve de confiar na cabeça de André Luís, que cabeceou certeiro para o 4-3 final após um livre. Decisivo.

 

Niltinho – 5: Tentou algumas arrancadas na esquerda, mas sem sorte. Ainda precisa de ganhar ritmo para ser importante neste GD Chaves.

 

Raphael Guzzo – 5: Apenas esteve cinco minutos em campo. Pouco ou nada deu para ver.

COMENTA ESTE ARTIGO

O seu endereço de email não será publicado.