Feirense 1-0 GD Chaves: Dar a primeira parte de avanço não ajuda

Fonte: GD Chaves

Desapontante. A palavra que surge à cabeça depois da derrota no difícil duelo em Santa Maria da Feira contra a equipa local, com o Desportivo a estar aquém do esperado e a acabar derrotado depois de três vitórias consecutivas. Para a visita ao Feirense, José Mota lançou João Correia – que impressionou frente ao Penafiel – no lugar de Wagner, desilusão até agora no Chaves. Já no banco, a surpresa foi a ausência de Raphael Guzzo, que depois de boas exibições com Académica e o emblema penafidelense, ficou de fora deste jogo.

 

Os locais começaram mais fortes – e assim estiveram durante a primeira parte – com Ença Fati a rematar à entrada da área, mas a bola saiu pouco ao lado. Pouco depois, o extremo guineense voltou a rematar já na grande área, mas atirou ao lado mais uma vez. Mas tanto pressionaram os fogaceiros que lá chegaram ao golo perante um Chaves impotente, com Christian – que chegou a ser ligado ao Desportivo – a aproveitar um livre direto para inaugurar o marcador aos 12 minutos.

 

O Desportivo de Chaves não foi capaz de evitar a segunda derrota no campeonato Fonte: GD Chaves

 

O Desportivo de Chaves só conseguiu responder aos 17 minutos, num contra-ataque que culminou num remate ao lado de Rafael Viegas. Mas não durou muito a reação flaviense, com N’Sor a tentar aumentar a vantagem fogaceira já em cima do intervalo, mas Igor respondeu ao remate forte do ganês com uma grande defesa.

 

Na segunda parte o Desportivo apareceu revigorado e passou a ir atrás dos pontos, com a bola a rondar a baliza do Feirense aos 55 minutos, num remate forte de Fatai que obrigou Caio Secco a boa defesa. Seguiu-se João Correia a atirar à entrada da área, mas a bola saiu ao lado. Os transmontanos procuraram o golo mais uma vez aos 68 minutos, mas Platiny permitiu a defesa do guarda-redes após um cabeceamento já perto dos últimos 20 minutos de jogo.

 

O Desportivo de Chaves tentou e tentou até ao final do encontro, mas Platiny estava desinspirado na finalização e André Luís acabou por não conseguir ter impacto no resultado e os flavienses regressaram a Trás-os-Montes com a segunda derrota no campeonato, mais uma vez fora de casa.

Outras publicações

Leave a Comment