Crónicas do Topo Sul

GD Chaves 2-1 Ac. Viseu: Quinta vitória seguida com direito a reviravolta

Fonte: GD Chaves

 

O GD Chaves não para de somar triunfos na reta final do campeonato. Na receção ao Ac. Viseu, os comandados de Vítor Campelos somaram a quinta vitória consecutiva, mas foi preciso sofrer para garantir os três pontos.

 

A primeira oportunidade foi para os Valentes Transmontanos, com Batxi a não conseguir desviar um cruzamento ao segundo poste, mas logo a seguir o Ac. Viseu abriu o marcador: boa jogada de Anthony Carter que entrou na área e rematou. Paulo Vítor defendeu mas, na recarga, Yuri Araújo fez o 1-0.

 

O GD Chaves respondeu e chegou ao empate aos 20 minutos: bom trabalho de João Reis na esquerda, cruza para Juninho e o brasileiro, à segunda, a fazer o empate para o conjunto azul-grená.

 

Por cima do jogo, os flavienses foram à procura da reviravolta, mas João Teixeira viu o golo negado por duas vezes pelo guarda-redes viseense. Em cima do intervalo foi João Reis a tentar a sorte, mas Ricardo Fernandes manteve o empate no regresso aos balneários.

 

Golos de Juninho e Roberto levaram à reviravolta frente ao Ac. Viseu Fonte: GD Chaves

 

O golo estava reservado para a segunda parte, com o GD Chaves a arrancar com um bom ataque, João Teixeira entrou na área, não foi egoísta e ofereceu o golo a Roberto, que fez o 2-1 na recarga. Quinto jogo seguido a marcar do ponta-de-lança.

 

O Ac. Viseu tentou responder, com Carter a rematar de longe e a obrigar Paulo Vítor a uma grande defesa. Do outro lado, Batxi tentou fazer um grande golo, mas a bola saiu pouco desviada.

 

Nos últimos 20 minutos, o Ac. Viseu atirou uma bola à barra por Paná e o GD Chaves conseguiu manter a vantagem. Já na outra baliza, o guarda-redes fez uma defesa por instinto e evitou o golo flaviense após um canto.

 

Os Valentes Transmontanos somam a quinta vitória seguida e vivem o melhor momento da temporada, numa jornada em que todos os candidatos venceram e mantêm tudo igual.

 

HOMEM-DO-JOGO

 

Fonte: GD Chaves

 

Roberto – Que mais pedir de um ponta-de-lança matador? Roberto rejuvenesceu com a chegada de Vítor Campelos e tem sido um elo decisivo no conjunto azul-grená. São já oito golos na Segunda Liga que aproximam o avançado dos melhores marcadores da prova.

 

O DESAPARECIDO

 

Fonte: GD Chaves

 

Luís Rocha – Não fez propriamemte um mau jogo. Aliás, toda a equipa esteve em bom nível. No entanto, facilitou no primeiro golo do Ac. Viseu e o erro podia ter custado caro. Que tenha sido uma desatenção sem exemplo do capitão flaviense.

COMENTA ESTE ARTIGO

O seu endereço de email não será publicado.