UD Oliveirense 0-1 GD Chaves: Wellington dá primeira vitória da era Campelos

Fonte: GD Chaves

 

Ao quarto jogo, Vítor Campelos conquistou a primeira vitória ao serviço do GD Chaves. Na sempre difícil visita ao terreno da UD Oliveirense, um golo bastou para o conjunto azul-grená levar os três pontos.

 

A primeira parte contou com o Desportivo por cima, mas só aos 25 minutos se viu uma oportunidade de real perigo, com João Batxi a rematar após um ressalto, mas o guarda-redes respondeu com uma boa defesa. Aos 28′ e Wellington a receber a bola na área e a rematar, mas Arthur segurou.

 

À passagem da meia-hora, o extremo brasileiro voltou a entrar em ação, mas com mais sucesso: pontapé longo de Luís Rocha a encontrar Wellington que, na cara do guarda-redes,rematou colocado para o 1-0. Segundo jogo seguido a marcar para o avançado.

 

Ainda antes do intervalo, contrariedade para o GD Chaves, com Jonathan Toro a lesionar-se sozinho num domínio de bola e a ter de sair, para entrada de João Teixeira.

 

Segundo golo consecutivo de Wellington deu o triunfo ao Desportivo, quatro jogos depois Fonte: GD Chaves

 

Já na segunda parte, o Desportivo entrou desconcentrado e deixou a UD Oliveirense tomar o controlo do jogo. Um remate de Wellington para as nuvens é o único lance de destaque do conjunto azul-grená.

 

À passagem da hora de jogo, calafrio para o Desportivo de Chaves após um remate de longe de Jorge Teixeira, mas Paulo Vítor respondeu com a defesa da tarde.

 

O GD Chaves continuava apagado e Vítor Campelos lançou Niltinho para o lugar de Wellington, mas nem a refrescar o ataque se viu mais perigo do Desportivo. Já a UD Oliveirense voltou a estar perto do golo aos 80 minutos, mas o livre de Thalis passou pouco ao lado da baliza.

 

Os Valentes Transmontanos conseguiram aguentar os ataques do adversário e garantiram a vitória por 1-0. Primeiro triunfo da era Vítor Campelos no Desportivo, num jogo em que os flavienses sorriram, curiosamente, na exibição menos conseguida desde a chegada do novo técnico.

 

HOMEM-DO-JOGO

 

Fonte: GD Chaves

 

Wellington – A escolha foi muito difícil, se calhar uma das mais mais complicadas da temporada. Mas entre Paulo Vítor, Wellington e Luís Rocha, damos destaque a quem fez o golo. Wellington respondeu a uma fantástico passe de Luís Rocha para o único tento do jogo e leva dois jogos seguidos a marcar.

 

O DESAPARECIDO

 

Fonte: GD Chaves

 

João Teixeira – Que desilusão. Entrou para o lugar do lesionado Jonathan Toro, até então a fazer uma boa exibição, mas esteve sempre fora do jogo. Pouco apareceu, pouco criou e pouco se viu. Muito pouco para um jogador com tanto talento e que teima em não mostrá-lo em campo.

 

DISCURSO DIRETO

 

Paulo Vítor: “O fundamental foi a união, a dedicação de todos. Graças a Deus conseguimos os três pontos. Segunda parte menos conseguida? A Segunda Liga é assim, muita luta e sofrimento até ao fim.”

 

Vítor Campelos: “Dar os parabéns aos jogadores, que têm trabalhado de forma fantástica e já merecíamos  ter ganho em jogos anteriores. Na primeira parte estivemos por cima do jogo, mas na segunda parte queríamos tanto ganhar que não tinhamos a calma e discernimento para ter mais bola. Fomos justos vencedores. O Jonathan Toro tem uma lesão traumática, vamos ter de avaliar para saber se é grave.”

Outras publicações

Leave a Comment