Varzim SC 1-3 GD Chaves: Dez minutos de luxo no regresso às vitórias

Fonte: GD Chaves

 

O GD Chaves voltou a ganhar na Segunda Liga e com um triunfo confortável sobre o lanterna-vermelha Varzim SC. A equipa da casa até assustou logo a abrir a partida, com uma bola ao poste da baliza de Paulo Vítor, mas foi aos seis minutos que o Desportivo teve a melhor oportunidade para abrir o marcador. Roberto sofreu falta de Luís Pedro e ganhou um penálti. No entanto, a conversão de Luís Rocha foi defendida pelo ex-Chaves Ricardo Nunes.

 

Parecia que o jogo não ia correr de feição aos flavienses, mas aos 17 minutos João Correia entrou em cena: cruzamento do jovem lateral-direito, André Leão falha o cabeceamento e Roberto, à ponta-de-lança, remata colocado para o 1-0. Dois minutos depois, Ahmed pontapeou Jonathan Toro para evitar um contra-ataque e viu o cartão vermelho.

 

Em vantagem e com mais um jogador, o GD Chaves atropelou o Varzim SC: aos 24 minutos, Jonathan Toro dominou a bola e rematou-a ainda no ar, para o tiro colocado que não deu hipóteses a Ricardo Nunes. Estreia a marcar para o internacional hondurenho.

 

Jonathan Toro estreou-se a marcar pelo Desportivo
Jonathan Toro estreou-se a marcar pelo Desportivo Fonte: GD Chaves

 

Em 10 minutos alucinantes, os Valentes Transmontanos chegaram ao terceiro golo e, novamente, com João Correia em grande, ao driblar um adversário e a cruzar para a cabeça de Niltinho, que fez o 3-0. Confortável no jogo, o Desportivo abrandou, o jogo arrefeceu e, numa desatenção da defesa flaviense, Patrick aproveitou para fazer o 3-1.

 

Na segunda parte viu-se um GD Chaves mais lento, a jogar mais para trás a ser pouco objetivo no ataque, o que o Varzim SC aproveitou para criar mais perigo. Mesmo assim, foi o Desportivo a estar perto do golo, com Ricardo Nunes a “oferecer” um livre após sair da área com a bola, mas Jonathan Toro rematou bem por cima.

 

Aos 69 minutos, Tiago Almeida foi protagonista numa boa combinação no ataque varzinista e tentou o golo de fora da área, mas Paulo Vítor estava atento. Pouco depois, Vasco Fernandes facilitou e deixou que Patrick rematasse dentro da área, mas Paulo Vítor respondeu com a defesa da tarde.

 

Nos últimos dez minutos, Ofosu teve oportunidade para marcar num remate à entrada da área, mas atirou bem por cima. Na outra baliza, um livre de João Batxi bateu na barreia e a bola sobrou para João Correia, que atirou bem por cima. O Desportivo regressa às vitórias no campeonato e mantém-se no quinto lugar, a sete pontos dos lugares de subida.

 

HOMEM-DO-JOGO

 

Fonte: GD Chaves

 

João Correia –  Duas assistências para golo num jogo fantástico do lateral. Esteve em todo o lado e foi o único jogador a nunca esgotar as baterias. Só faltou um golo para coroar este grande jogo. Uma enorme exibição de um dos jogadores-revelação da temporada do GD Chaves.

 

O DESAPARECIDO

 

Fonte: GD Chaves

 

Defesa do GD Chaves – Com tantos anos de experiência, é desapontante ver a defesa a facilitar tantas vezes. Vasco Fernandes e Luís Rocha mostram sinais da idade e estão bastante expostos a jogadores mais rápidos, valendo muitas vezes a atenção de Paulo Vítor a evitar males maiores. Talvez seja altura de pensar em acrescentar juventude e velocidade na defesa…

 

DISCURSO DIRETO

 

Carlos Pinto – “Os primeiros 35 minutos foram os melhores desde que cá estou. Não gostei da segunda parte, foi a pior desta época, não podemos voltar a cometer este erro. Quando estamos em vantagem, temos de atropelar o adversário. Quando passámos a jogar devagar, devagarinho, tivemos problemas. Felizmente o Varzim SC não marcou o segundo golo, senão até podiam ter chegado ao empate. Os primeiros 35 minutos são o futebol que eu gosto.”

 

João Correia –  “Tem de se dar os parabéns à equipa. Teve uma entrega muito forte contra uma equipa muito boa. Podem contar connosco que vamos dar sempre o máximo em todos os jogos até ao final do campeonato.”

Start a Conversation

O seu endereço de email não será publicado.