Equipa Principal

Vítor Campelos: “Não se faz uma equipa num estalar de dedos”

Fonte: GD Chaves

 

Na primeira viagem para fora de Trás-os-Montes, Vítor Campelos tem esperança que o GD Chaves esteja melhor preparada e consiga um resultado mais positivo que com o SL Benfica B, mas tem consciência do obstáculo que tem pela frente.

 

“Vai ser um jogo extremamente difícil, como todos na Segunda Liga. Sabemos que o Cova da Piedade tem bons valores individualidades. Acho que preparamos bem o jogo, sabemos que a cada jornada que passa os jogos são ainda mais difíceis, porque aproxima-se o fim da época e as equipas querem atingir os seus objetivos. Mas estamos bem preparados e de certeza vamos fazer um bom jogo.”, aponta Vítor Campelos.

 

Benny, Wellington e Luís Silva voltam a estar disponíveis Fonte: GD Chaves

 

O técnico flaviense completou a primeira semana completa de trabalho no GD Chaves. Garante que a equipa está a assimilar bem as ideias, mas vai levar tempo até estar no ponto.

 

“Uma equipa e uma forma de jogar não se consegue num estalar de dedos. Nesta altura temos de atalhar caminho e tentar fazer algumas coisas que já preparámos nestes oito treinos. Estou muito contente com a forma como os jogadores estão a receber as nossas ideias.”, afirmou o técnico.

 

Na deslocação ao CD Cova Piedade, Vítor Campelos tem duas ausências confirmadas: Juninho e Nemanja Calasan estão lesionados e não podem jogar. Em dúvida estão Bura e Zé Tiago, enquanto Benny, Wellington e Luís Silva regressam às opções.

 

O GD Chaves defronta o CD Cova Piedade este sábado, às 11H00, em jogo com transmissão na Sport TV 1 e apitado por João Pinheiro.

COMENTA ESTE ARTIGO

O seu endereço de email não será publicado.