Crónicas do Topo Sul

Vitória SC 4-0 GD Chaves: Flavienses saem humilhados de Guimarães

Fonte: Liga Portugal

Balde de água fria para as centenas de flavienses que se deslocaram ao Estádio D. Afonso Henriques. Num jogo que já se adivinhava difícil, o Desportivo mal apareceu em campo, sendo cilindrado pelos homens de Luís Castro, ex-treinador dos Valentes Transmontanos. Depois de perder em casa diante do Sporting, José Mota lançou Costinha de início, com Bruno Gallo a ocupar o lugar do suspenso Jefferson, enquanto Rúben Macedo deu lugar a Luther Singh.

 

O encontro começou da pior maneira possível para o conjunto azul-grená, sofrendo o primeiro golo logo aos quatro minutos por Wakaso, com um cruzamento na esquerda a chegar ao central da área, onde a bola é cabeçada para o médio vitoriano encostar, perante a passividade de Campi.

 

Pouco depois dos dez minutos, novo golo para o Vitória SC. Paulinho parou Davidson em falta dentro da área e Tozé, chamado a converter, não desperdiçou e aumentou a vantagem contra um Chaves perdido defensivamente, enquanto na construção baseava-se num abusado jogo individual facilmente bloqueado pela defesa vitoriana.

 

Perante a incapacidade do Desportivo em fazer alguma coisa durante a primeira parte, o Vitória aproveitava para alargar a vantagem num excelente remate de fora da área por Tozé, mas o lance foi anulado por fora-de-jogo no início da jogada. Não baixaram os braços os locais e confirmaram mesmo o 3-0 na primeira parte, com um remate colocado, de fora da área, por Rochinha. Ainda antes do intervalo, quase o 4-0, mas o remate de fora da área de Tozé bateu com estrondo na barra da baliza de António Filipe.

 

A ser humilhado frente a Luís Castro, José Mota não fez alterações ao intervalo, mas o Chaves pouco melhorou, mesmo com o Vitória SC a gerir o jogo e a forma física. O Desportivo finalmente conseguiu dar uma resposta digna aos 68 minutos, num canto na direita que sobrou para Bressan, de primeira, atirar por cima. Já completamente cabisbaixo, o Chaves consentiu ainda o quarto golo já perto do fim, com Alexandre Guedes a aparecer sozinho ao segundo poste a encostar, com toda a defesa flaviense a ver jogar.

 

Com esta derrota o Chaves mantém-se no penúltimo lugar da tabela, a três pontos dos lugares de salvação. Na próxima jornada há um desafio importante frente ao Belenenses SAD em casa, para a 29ª jornada da Primeira Liga.

COMENTA ESTE ARTIGO

O seu endereço de email não será publicado.