Crónicas do Defeso Crónicas do Topo Sul

GD Chaves 0-0 Feirense | “Nulo no final do estágio em Quiaios”

Desportivo protagonizou um jogo dividido com os fogaceiros, mas ainda teve de sofrer para sair invicto do centro de estágio Rosa Náutica, onde o Chaves estagiou esta pré-temporada.

 

O último encontro do estágio de pré-época do Chaves revelou-se bastante intenso e com pendor maior para a equipa do Feirense, que protagonizaram com os Valentes Transmontanos um encontro bastante disputado em Quiaios. Daniel Ramos abriu o jogo com uma experiência na lateral-direita, já que experimentou o central Hugo Basto nessa posição, sabendo que Paulinho vai estar ausente devido a suspensão, com Maras, Marcão e Luís Martins a completar o quarteto defensivo e com António Filipe a defender as redes. No meio-campo, destaque para Filipe Melo como trinco, atrás do médio-centro Stephen Eustáquio e do médio mais ofensivo João Teixeira, que também deverá substituir o suspenso Bressan no encontro contra o FC Porto. A fechar o ataque estiveram Ghazaryan e Avto, com Platiny a ponta-de-lança.

 

A partida revelou-se bem disputada e com as duas equipas a mostrarem entrega e a procurar a vitória, porém ambas padeceram do mesmo mal: a finalização estava completamente desalinhada. Depois de uma primeira parte bastante disputada e com o Feirense a aproveitar a inadaptação de Hugo Basto à posição de lateral-direito, na segunda parte as grandes oportunidades apareceram de bola parada, mas mais uma vez os remates não eram certeiros. Bressan atirou por duas vezes de livre, mas os remates saíram desenquadrados, mantendo-se a inconstância do bielorrusso nos livres diretos, ao contrário do que nos habituou em 2016/17. Já os fogaceiros tiveram a oportunidade de abrir o ativo através de uma grande penalidade, porém Ricardo defendeu de forma exímia o castigo máximo batido por Edson Farías.

 

No final, Daniel Ramos falou em “aspetos positivos e negativos, com ilações boas mas numa fase em que tudo ainda é melhorável” além de desejar que a evolução da equipa “continue a acontecer”. Acerca do estágio de uma semana em Quiaios, o timoneiro flaviense garante que foi “positivo”, já que deu para “trabalhar com o grupo presente, 24 horas sob 24 horas”, acrescentando que a “equipa está a evoluir”.

 

O próximo jogo amigável do Desportivo de Chaves é na quinta-feira, no Municipal Eng.º Manuel Branco Teixeira, em que os Valentes Transmontanos se vão apresentar ao sócios e adeptos flavienses frente ao Sp. Braga. Os bilhetes custam 15€ para o topo sul e descoberta, além de 30€ para a coberta. Os sócios do Chaves pagam 5€ pelo ingresso.

COMENTA ESTE ARTIGO

O seu endereço de email não será publicado.