Visto da Descoberta

OPINIÃO: O desinteresse da imprensa nos “pequenos”

A comunicação social despachou Tiago Fernandes na conferência de imprensa após o jogo em Portimão, numa constante negligência para com os clubes ditos “pequenos”.

 

No final do Portimonense-GD Chaves, que o Desportivo venceu por 1-0, ligámos a televisão na SportTV + para ver a conferência de imprensa de Tiago Fernandes, para saber mais pormenorizadamente o que o técnico flaviense achou da exibição da sua equipa. Porém, acabámos por ficar estupefactos pelo “despachar” que os jornalistas presentes fizeram ao treinador do Chaves, com apenas duas (!) perguntas feitas.

 

Ainda estávamos abismados com a supersónica sessão de perguntas a Tiago Fernandes e voltava a imprensa desportiva a “marimbar” para os clubes de menor dimensão, com o mesmo canal a cortar o direto do treinador do Portimonense para ouvir a muito mais interessante conferência de Jorge Couto, do Boavista, que tinha perdido minutos antes contra o Benfica. Mas o desrespeito pelos chamados pequenos não se fica pelos pós-jogo.

 

Excluindo jogos contra os ditos “grandes”, onde o Desportivo passa perto de 100 certidões a jornalistas, apenas assistimos a um trio de jornalistas locais e apenas a SinalTV a gravar as palavras do técnico do Chaves. Para coroar o tamanho desinteresse, desrespeito e negligência para com o clube, ainda temos a SportTV a pedinchar à SinalTV pelas imagens que o canal de desporto nem se deu ao trabalho de ir buscar pelo próprio pé.

 

Para a imprensa desportiva há 15 clubes que são apenas entulho na Primeira Liga, equipas que só servem como carne para canhão, emblemas que só têm direito a uma pequena parcela de uma página qualquer de todas as edições diárias dos jornais. Depois choram que não vendem nada, quando negligenciam 85% dos emblemas da Primeira Divisão do futebol português. Há coisas do diabo, realmente…

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *