Tomás Igreja deixa o GD Chaves e ruma ao Portimonense

Tomás Igreja deixa o GD Chaves

  É uma das surpresas deste último dia de mercado. Tomás Igreja, jovem guarda-redes formado no GD Chaves, deixou Trás-os-Montes para rumar ao Portimonense, onde deve começar na equipa sub-23.   O guardião internacional pelas seleções jovens nacionais foi inscrito pelos algarvios esta segunda-feira, aponta a lista de inscrições da Liga Portugal.   Igreja fez parte do plantel desta época, mas depressa passou a ser opção apenas no Pedras Salgadas, onde jogou quatro partidas, até perder o lugar para Samuel Silva, também do plantel flaviense.

Ler Mais

Wellington Carvalho reforça as alas do ataque

Há um extremo novo no Municipal Eng.º Manuel Branco Teixeira. O Desportivo anunciou a contratação de Wellington Carvalho ao Portimonense para as próximas duas épocas e meia, um jogador que vem reforçar uma das posições mais necessitadas do plantel azul-grená. Sangue experiente e com provas dadas, mas que não chega sem os seus senãos, principalmente numa questão de disciplina.   Mas já lá vamos, comecemos pelo jogador anunciado esta quarta-feira. Wellington Carvalho chega a Trás-os-Montes depois de duas temporadas no Algarve, ao serviço do Portimonense, naquele que é o concretizar…

Ler Mais

Antevisão GD Chaves-Portimonense: Limpar a imagem deixada no Dragão

Após o desastre no Dragão, o Desportivo estreia-se em casa esta temporada diante do adversário mais distante em Portugal Continental, num encontro em que os flavienses têm de limpar a imagem diante dos adeptos.   Uma equipa que tem de aparecer de cara lavada   Os 5-0 sofridos em pleno estádio do Dragão na 1ª jornada deixou mossa nos adeptos flavienses. A confiança na equipa desceu a pique e começam a criar-se dúvidas sobre o novo modelo tático dos Valentes Transmontanos.   Em boa hora chega o jogo contra um…

Ler Mais

GD Chaves 2-1 Portimonense | “Finalmente nos 40 pontos!”

Desportivo mostrou atitude e deixou os flavienses com um sorriso na cara após alcançar, de uma vez, a marca imposta na época passada. Foi preciso esperar quase um ano para o Chaves ultrapassar aquilo que Jorge Simão apontara como objetivo na última temporada e, subitamente, voltamos à luta por um lugar europeu. Exibição de qualidade como já tínhamos saudades Finalmente voltámos a ter uma equipa cheia de vontade a entrar em campo! Há que confesar que as saudades já começavam a bater das exibições agerridas do Desportivo, que estavam desaparecidas…

Ler Mais