Crónicas do Topo Sul

Pedras Salgadas 1-4 GD Chaves: Flavienses vencem dérbi transmontano e seguem em frente na Taça

©Facebook Futebol em Português

Valentes Transmontanos visitaram e bateram os vizinhos do Pedras Salgadas por quatro golos a um, num jogo que Daniel Ramos aproveitou para dar tempo de jogo a elementos menos utilizados do plantel.

 

Foi debaixo de um clima de grande festa que Pedras Salgadas e Desportivo de Chaves se defrontaram em encontro para a 3ª eliminatória da Taça de Portugal, com cerca de 2 mil adeptos nas bancadas a apoiar, quase metade-metade, flavienses e aguiarenses. Para este jogo esperavam-se mexidas por parte de Daniel Ramos e elas acabaram mesmo por acontecer, com António Filipe, Lionn, Nuno André Coelho, Luís Martins, João Teixeira, André Luís e o jovem Mika Borges a aparecerem no onze inicial. De resto, só os mais utilizados Marcão, Stephen Eustáquio, Bruno Gallo e Perdigão apresentaram-se no estádio da Portelinha, em Pedras Salgadas.

 

O Chaves começou forte e fez valer o seu poderio individual logo aos cinco minutos, com uma jogada pela esquerda de Luís Martins, que deu a bola para o meio da área e permitiu que Perdigão encostasse para o fundo da baliza do Pedras. Em desvantagem cedo, a equipa termal foi atrás do prejuízo e ainda assustou o conjunto azul-grená, mas os comandados de Daniel Ramos também não pareceram facilitar mesmo em vantagem e Marcão obrigou o guarda-redes contrário a uma boa defesa após remate em arco e, já à beira do intervalo, João Teixeira aumentou a vantagem flaviense ao aparecer isolado na cara do guardião, numa altura em que a defesa termal pedia falta, e a fazer o 2-0.

 

No segundo tempo o Pedras voltou a estar em evidência e não baixou os braços, sendo com esforço que chegou ao golo através do inevitável Miguel Freitas, o melhor marcador do conjunto de Ricardo Silva, a reduzir a desvantagem aos 54 minutos. Porém, nem cinco minutos volvidos do golo dos locais e o Chaves voltava a ampliar a vantagem por André Luís, com o avançado brasileiro a cabecear para o fundo das redes e fazer o seu primeiro golo com a camisola azul-grená. O Desportivo aguentou a vantagem e foi já no último suspiro do encontro que fechou o resultado em 4-1, com o georgiano Avto, que substituiu o lesionado Mika Borges, a fazer o golo final flaviense.

 

Os Valentes Transmontanos seguem para a 4ª eliminatória da Taça de Portugal, enquanto o Pedras Salgadas passa a centrar-se apenas no Campeonato de Portugal, isto depois de ultrapassar o Montalegre e a Académica na prova-rainha do futebol português.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *